terça-feira, 27 de maio de 2014

Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) reconhece oito Estados brasileiros como livres de aftosa


A Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) renovou ontem a certificação de Santa Catarina como Área Livre de Febre Aftosa Sem Vacinação e reconheceu mais oito Estados brasileiros como livres da doença com vacinação, informou a Secretaria de Agricultura de Santa Catarina. O anúncio foi feito durante 82ª Assembleia Anual da entidade, mas a resolução só deverá ser publicada na próxima quinta, dia 29.

Os oito Estados certificados como livres da febre aftosa com vacinação são: Alagoas, Ceará, Maranhão, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí e Rio Grande do Norte. Com a certificação internacional, o gado desses Estados vai se igualar sanitariamente aos bovinos dos Estados de Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Goiás, São Paulo e Minas Gerais. Santa Catarina continua sendo o único livre da doença sem vacinação.

Conforme o secretário de Agricultura de Santa Catarina, Airton Spies, o status sanitário catarinense, reconhecido pela OIE em 2007, foi fundamental para a conquista de mercados competitivos para carne suína, como Japão, China e Chile.

–Esse status sanitário faz com que Santa Catarina tenha uma vantagem competitiva importante tanto que, apesar de ser um Estado pequeno, em termos de área, é o maior produtor de suínos do País – comenta Spies.

• Saiba o que é a febre aftosa e como ela age no organismo dos animais

Fonte: Estadão e Rural BR

0 comentários

Postar um comentário