quinta-feira, 10 de abril de 2014

Embrapa apresenta Manejo Integrado de Pragas (MIP) e lança novo inoculante no Tecnoshow Comigo


A Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, apresenta na Casa da Embrapa, no Tecnoshow Comigo 2014, em Rio Verde (GO), no período de 7 a 11 de abril, informações sobre o Manejo Integrado de Pragas (MIP), uma ferramenta importante para garantir a produtividade e a sustentabilidade do agroecossistema, com enfoque naHelicoverpa armigera, praga que vem infestando as lavouras de soja, milho, algodão, feijão, entre outras culturas nos últimos meses. São 12 unidades de pesquisa de várias regiões brasileiras que estarão demonstrando os principais resultados de pesquisas desenvolvidos em seus laboratórios e campos experimentais.

Lançamentos

A Embrapa, a cada edição do evento, lança novas tecnologias. No Tecnoshow Comigo 2014, será lançada a tecnologia de coinoculação da soja e do feijoeiro, que consiste em combinar uma prática já bem conhecida dos produtores - a inoculação das sementes com bactérias de Bradyrhizobium para a soja, ou Rhizobium para o feijoeiro- com a inoculação com Azospirillum, uma bactéria até então conhecida no Brasil por sua ação promotora de crescimento em gramíneas. A tecnologia foi desenvolvida em parceria com a empresa Total Biotecnologia e já tem o primeiro produto registrado no Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento para essa finalidade, o Azototal Max.

“É a primeira vez, em mais de 50 anos, que se recomenda um novo tipo de bactéria para as culturas da soja e do feijoeiro, que não sejam rizóbios. É uma tecnologia em sintonia com a abordagem atual da agricultura, que respeita as demandas de altos rendimentos, mas com sustentabilidade agrícola, econômica, social e ambiental”, comemora a pesquisadora Mariangela Hungria, da Embrapa Soja (Londrina PR) .

Os estudos conduzidos a campo com o Azototal Max mostram que a coinoculação proporciona vários benefícios, entre eles aumento da área radicular da planta, o que possibilita maior aproveitamento dos fertilizantes e até mesmo favorecer as plantas em situações de estresse hídrico. “A inoculação das sementes com rizóbios é uma prática sustentável que dispensa a adubação nitrogenada na cultura da soja e, total ou parcialmente, também na cultura do feijoeiro. É uma prática que deve ser feita anualmente, para garantir a maximização dos benefícios”. “Agora está sendo incorporado um novo microrganismo para complementar esse processo e trazer ainda mais benefícios para o produtor e para o meio ambiente”, explica Marco Nogueira, pesquisador da Embrapa Soja.

Espaço de Negócios

Os visitantes interessados na aquisição de produtos com tecnologia Embrapa têm no Espaço de Negócios a oportunidade de realizar articulação sobre parcerias e mercado de cultivares. As tecnologias promovidas no Espaço Negócios são: hortaliças (Tomate BRS Sena); forrageiras (BRS Zuri, BRS Piatã, BRS Paiaguás e BRS Mandarim); cultivares de feijão BRS Notável e BRS Realce); cultivares de arroz (BRS Tropical, BRS Esmeralda, BRS Serra Dourada); entre outros produtos nas Unidades Demonstrativas da Tecnoshow, próximos a Casa Embrapa.

Outras tecnologias são apresentadas como o Tag Ativo (dispositivo para identificação e monitoramento do trânsito de animais, com baixo custo, que automatiza o processo de inspeção nos postos de fiscalização de sanidade animal, mesmo em regiões afastadas), Biofórmula Leite (aditivo probiótico para alimentação animal desenvolvido pela empresa Biofórmula Tecnologia em Agropecuária e validado pela Embrapa) e o Fertilizante Organomineral, que permite a destinação adequada dos resíduos da avicultura que são processados, estabilizados e devolvidos aos solos na forma de nutrientes, reduzindo, com isso, o impacto ambiental da atividade agropecuária e elevando os índices de produtividade do solo.

Vitrine de Tecnologias

Na Vitrine da Embrapa são apresentadas cultivares de feijão do grupo carioca, BRS Estilo e a BRS Ametista, de algodão BRS 369RR, BRS 370RF, BRS 371RF em diferentes épocas de plantio; de sorgo BRS 330 consorciado com braquiária; primeira cultivar de trigo adaptada ao cerrado, BRS 18 Terena, uma linhagem de trigo de sequeiro que está sendo avaliada para lançamento; as forrageiras BRS Guandu e BRS Mandarim; e a soja precoce BRSGO 6959RR para semeadura na safra 2014/2015.

Na Casa da Embrapa, o visitante poderá conhecer tecnologias, produtos e serviços de várias Unidades da Empresa. Entre elas Embrapa Algodão (Campina Grande, PB), Embrapa Arroz e Feijão (Santo Antônio de Goiás, GO), Embrapa Cerrados (Planaltina, DF), Embrapa Gado de Leite (Juiz de Fora, MG), Embrapa Instrumentação (São Carlos, SP), Embrapa Mandioca e Fruticultura (Cruz das Almas, BA), Embrapa Milho e Sorgo (Sete Lagoas, MG), Embrapa Pecuária Sudeste (São Carlos, SP), Embrapa Produtos e Mercado (Brasília, DF), Embrapa Solos (Rio de Janeiro, RJ) e Embrapa Trigo (Passo Fundo, RS).


Texto: Elizabete Antunes - MTb 744/DF
Secretaria de Comunicação da Embrapa
Contato: (61) 3448-4284 – 9121-3601 elizabete.antunes@embrapa.br
Texto com informações de: Carina Rufino Carina Rufino (Mtb 3914-PR),Nadir Rodrigues (MTb/SP 26.948) e Vera Scholze Borges (MTb/SP – 72462)

0 comentários

Postar um comentário