sábado, 22 de março de 2014

Empresa lança primeiro cartão de crédito do agronegócio


“O Cartão C&BI Agro oferece uma nova forma de acesso a crédito financeiro com a vantagem que o produtor foge das altas taxas de empréstimo bancário, tem capital para pagar todos os seus gastos e de sua família na entressafra e efetua seus pagamentos com seus próprios produtos agrícolas no período da colheita”, afirma André Mesquita, Vice-Presidente de Produtos e Comercial do Banco BI&P.

“É uma nova ‘moeda’ para o agricultor que vai permitir não só financiar sua produção, como, também, pagar suas contas antecipando as receitas futuras que terá com a sua safra”, diz Antonio Carlos Gonçalves Júnior, Presidente e CEO da Ceagro.

A C&BI Agro Partners estima que as operações com o Cartão C&BI Agro movimentem, no primeiro ano, um volume de cerca de R$ 100 milhões. Em 2013, a joint venture do BI&P e da Ceagro registrou R$ 350 milhões em ativos, com uma carteira composta por cerca de 200 clientes. “Nosso objetivo é atrair um número cada vez maior de agricultores brasileiros”, diz o CEO da Ceagro.

Inicialmente, as operações de crédito envolvendo o Cartão C&BI Agro contemplam as commodities soja e milho, focadas no Mato Grosso, principal produtor brasileiro dessas culturas. A expectativa é expandir, em um futuro próximo, a iniciativa para outros produtos agrícolas e para a pecuária.

O crédito do Cartão C&BI Agro terá como base o preço do produto agrícola, que poderá ser fixado ou ficar variando conforme parâmetros de mercado. Essa seleção é feita a critério exclusivo do cliente, que pode, ainda, definir se deseja crédito para uma ou mais culturas (soja e milho), estabelecendo suas datas de pagamento. “Essa flexibilidade é ótima para aumentar o capital de giro do produtor ao longo do ano”, diz Antonio Carlos Gonçalves Júnior, da Ceagro.

O Cartão C&BI Agro pode ser obtido imediatamente junto à C&BI ou por meio das revendas conveniadas. Cada agricultor terá seus dados analisados internamente pela C&BI para definição do limite de crédito que deseja.

Fonte: Agrolin

0 comentários

Postar um comentário