quinta-feira, 3 de outubro de 2013

Campo Grande-MS: Embrapa oferece cursos sobre Tecnologias sustentáveis


Em outubro, a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – Embrapa, vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Unidade Gado de Corte, promoverá dois treinamentos em Mato Grosso do Sul. O 2º “Curso de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF)” acontecerá de 22 a 24 de outubro e a capacitação em “Recuperação de Pastagens Degradadas em Mato Grosso do Sul”, de 28 de outubro a 1º de novembro, em Campo Grande-MS. Os eventos estão com inscrições abertas e vagas limitadas.

A intensa demanda pelo Curso de ILPF em 2012 validou a relevância desse sistema sustentável para o setor agrícola nacional e confirmou a necessidade de capacitações nesse âmbito e isso, por sua vez, contribuiu para a realização desta edição 2013. Cada componente do Sistema ILPF será abordado e detalhado pelos pesquisadores da Embrapa - floresta, solo, lavoura, forragem, animal e socioeconomia. Os serviços ambientais oferecidos com a implantação da ILPF, a alternativa de produção de ovinos em ILPF e a relação com o empreendedorismo também estarão em debate.

“A ILPF permite uma maior eficiência de uso da terra, com reflexos ambientais, como a conservação dos recursos naturais e uso adequado dos insumos; e econômicos, como a maior produtividade da área e diversificação de produtos, minimizando os riscos climáticos e mercadológicos dos sistemas de produção. Do ponto de vista social, melhora a qualidade de vida daqueles diretamente envolvidos no sistema de produção e, indiretamente, daqueles que consomem seus produtos, pela maior qualidade dos mesmos”, avalia o pesquisador Roberto Giolo de Almeida, um dos palestrantes e coordenador técnico do treinamento.

As inscrições custam R$ 70,00 para profissionais e R$ 50,00 para estudantes (mediante comprovação) e podem ser feitas no endereço eletrônico da Embrapa Gado de Corte (www.cnpgc.embrapa.br) até o dia 10 de outubro, após a data, R$ 100,00 e R$ 70,00, respectivamente.

Recuperação

Sistema Plantio Direto, Fixação Biológica de Nitrogênio, Florestas Plantadas, Tratamento de Dejetos Animais, Integração Lavoura-Pecuária-Floresta e Recuperação de Pastagens Degradadas são alternativas tecnológicas limpas que contribuem com a mitigação de gases de efeito estufa (GEEs).

Em MS, estudos apontam que dos 15 milhões de hectares com pastagens cultivadas, nove são degradadas. As práticas de recuperação estão disponíveis, para tanto, os técnicos atuantes no mercado precisam conhecê-las e manejá-las corretamente e o produtor adotá-las. O primeiro passo é o diagnóstico da propriedade, indicando as causas da degradação, o estádio da mesma e as tecnologias mais adequadas para a situação.

Pensando nisso, de 28 de outubro a 1º de novembro, a Embrapa, com apoio do Ministério da Integração Nacional/Superintendência do Desenvolvimento do Centro-Oeste (Sudeco), do Governo do Estado de Mato Grosso do Sul (Seprotur/Agraer) e do Banco do Brasil, capacitará um grupo de profissionais com esse fim. A iniciativa integra um projeto macro em recuperação de pastagens que levará o mesmo treinamento para os municípios de Aquidauana, Paranaíba, Nova Andradina e Coxim, além de palestras.

Recuperação de pastagem, causas e alternativas; manejo; ILPF; conservação; nutrição animal; impactos no custo da pecuária de corte; ovinocultura; pecuária de leite e linhas de créditos formam a programação. Os candidatos serão selecionados de acordo com o perfil profissional pela equipe técnica do projeto. A inscrição é feita pela Internet e é necessário anexar currículo.

Informações:

Telefone: (67) 3368-2141 (Setor de Transferência de Tecnologia)

Web ILPF – http://cloud.cnpgc.embrapa.br/ilpf2013/

Web Recuperação - http://cloud.cnpgc.embrapa.br/recupastagens2013/
Dalízia Aguiar (DRT/MS 28/03/14)
Embrapa Gado de Corte

dalizia.aguiar@embrapa.br
Telefone: +55 67 3368-2144 / + 55 67 3368-2150

0 comentários

Postar um comentário