terça-feira, 3 de setembro de 2013

Preço do leite ao produtor sobe 3,2% em agosto


O preço do leite pago ao produtor nacional voltou a subir em agosto. De acordo com levantamento da Scot Consultoria, o valor recebido pelo leite (entregue em julho) atingiu, em média, R$ 0,989 por litro, 3,2% acima do pagamento do mês anterior. Em 12 meses, a alta acumulada é de 25%.

A valorização ainda refletiu a forte concorrência entre os laticínios no fim da entressafra. Mas a oferta de leite já começou a aumentar e a tendência é de estabilidade nos preços no próximo mês, segundo Rafael Ribeiro, analista da Scot Consultoria. “A produção aumentou ligeiramente em julho e a expectativa é de que a captação tenha subido 2,9% em agosto sobre julho”, afirmou o analista.

Outro sinal de que a alta está perdendo força é o comportamento das cotações do leite longa vida no atacado e no varejo paulistas. De acordo com a Scot, o longa vida ficou estável em R$ 2,51 por litro. No varejo, saiu de R$ 2,82 em julho para R$ 2,84 em agosto.

Ainda que a captação de leite já esteja crescendo por conta do início da safra, Ribeiro não espera que os preços ao produtor tenham quedas expressivas a partir de outubro. A razão é que os estoques das empresas são reduzidos. “Deve cair, mas não muito”.

Com o crescimento da captação do leite, disse o analista, a concorrência entre os laticínios deve diminuir a partir da segunda quinzena de setembro.

Fonte: Valor Econômico

0 comentários

Postar um comentário