quinta-feira, 5 de setembro de 2013

Ministro da Agricultura reconhece Ceará e Piauí como estados livres de aftosa


O ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Antônio Andrade, assinou nesta terça-feira, 3 de setembro, com os governadores do Ceará, Cid Gomes, e Piauí, Wilson Nunes Martins, as instruções normativas reconhecendo os estados do Ceará e Piauí como zonas livres de febre aftosa com vacinação.

“Devemos estes avanços a nossa gente, que trabalha e se esforça para ampliar cada vez mais a produtividade nos campos brasileiros. A assinatura desta instrução normativa é mais um impulso para que os estados possam ampliar os negócios agropecuários e melhorar o padrão genético do rebanho”, explica o ministro.

Com a assinatura da instrução normativa, serão beneficiados 340 mil criadores de bovinos – maior número registrado entre os novos estados da zona livre – e 170 mil propriedades no Ceará. No Piauí, serão 62 mil propriedades e 72 mil criadores de bovinos. O governo federal investiu R$ 2 milhões no serviço veterinário no Ceará e, no Piauí, R$ 5,3 milhões.

Além do Piauí e Ceará também foram reconhecidos nacionalmente os estados do Maranhão, norte do Pará, Pernambuco Paraíba, Alagoas e Rio Grande do Norte como áreas livres da doença com vacinação. Cerca de 22,6 milhões de cabeças de gado, foram reconhecidos nacionalmente.

Para comprovar a ausência de febre aftosa nestas unidades da federação, os serviços veterinários oficiais foram submetidos a várias auditorias do Mapa. Mais de 1,9 mil propriedades foram monitoradas e 68 mil animais passaram por inspeções clínicas, seguindo critérios técnicos reconhecidos internacionalmente.

Mais informações para a imprensa:
Assessoria de Comunicação Social
(61) 3218-2203
Diovana Miziara
diovana.miziara@agricultura.gov.br

0 comentários

Postar um comentário