sexta-feira, 9 de agosto de 2013

Sociedade Rural Brasileira alerta para aparelhamento político do Ministério da Agricultura



Profissionais de caráter técnico e com respeitável trajetória na pasta estão sendo trocados por indivíduos ligados a grupos econômicos específicos


O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) vem sendo alvo de um processo de aparelhamento político marcado pela substituição de profissionais de caráter técnico e com respeitável trajetória na pasta por indivíduos ligados a grupos econômicos específicos.

Esta manobra, que atinge principalmente o segundo escalão do Mapa, fere a autoridade do Ministério, e retira da pasta a autonomia para selecionar o seu próprio grupo de técnicos.

Apesar de recentemente termos tido ótimos ministros, o desmantelamento da pasta da Agricultura ao longo dos anos é latente.

A verdade é que o Mapa vem perdendo autonomia, função estratégica, poder político, e recursos, e as recentes trocas acentuam ainda mais esta delicada situação.

Profissionais que estão sendo substituídos foram, por exemplo, responsáveis por conquistas de mercados internacionais para produtos agrícolas brasileiros.

A saída destes profissionais compromete acordos já existentes, e ameaça futuros. Isso porque o aparelhamento político coloca nos cargos pessoas sem bagagem técnica, tirando legitimidade e credibilidade de suas decisões junto a parceiros comerciais.

O Ministério da Agricultura não pode ficar à mercê de grupos de interesse, devendo servir sim a todo o agronegócio brasileiro, e consequentemente ao País.



Fonte:SRB

0 comentários

Postar um comentário