terça-feira, 13 de agosto de 2013

AltaGenetics: Controle da fertilidade do sêmen é essencial para obter alta reprodução


A fertilidade é o principal fator para a garantia de altos índices de reprodução pecuária em casos de inseminação artifical. Especialistas da empresa de melhoramento genético Alta Genetics alertam para os requisitos fundamentais à qualidade do sêmen e para as características genéticas necessárias para a melhoria do rebanho.

Um dos indicadores de fertilidade é a circunferência escrotal dos animais jovens, que está relacionada com a precocidade sexual das fêmeas que tem parentesco.

– É preciso detectar os animais que tenham melhores valores e avaliações genéticas para estas características, para avançar na melhoria do rebanho – enfatiza Luis Alfredo Garcia Deragon, gerente da Central da empresa.

Há uma grande variedade na qualidade do sêmen de touros candidatos a fornecedores de material genético para centrais. Em torno de 25% dos animais não são bons produtores de sêmen congelado, por não terem qualidade de sêmen. Esse número existe porque seus rebanhos de origem não foram submetidos ao processo de alta pressão de seleção para a fertilidade. Por outro lado, cerca de 30% possuem alta qualidade de sêmen.

– No processo de produção de sêmen congelado, aproximadamente 45% das coletas são descartadas – complementa Deragon.

Para que a fertilidade se manifeste plenamente, os animais devem estar em boas condições físicas e nutricionais. Se esses requisitos estiverem de acordo e a pressão de seleção para fertilidade for realizada, os índices produtivos serão melhores.

– A fertilidade poderá se potencializar quando há manejo correto da fazenda, principalmente sanitário e alimentar – finaliza Deragon.

O processo tecnológico de produção de sêmen da Alta Genetics possui quatro etapas: manejo da coleta, quando o touro precisa ter a melhor estimulação possível para que o sêmen colhido seja de ótima qualidade; controle inicial da qualidade da coleta, momento em que são descartados de 20% a 25% das coletas por uma baixa qualidade inicial; fases do processamento, que incluem resfriamento, envase e congelamento; e controle final de qualidade.

Fonte: Alta

0 comentários

Postar um comentário