sexta-feira, 12 de julho de 2013

Exportação brasileira de carne bovina ultrapassa US$ 3 bilhões no primeiro semestre de 2013


O Brasil manteve os números recordes de exportação de carne bovina no primeiro semestre de 2013, ultrapassando a marca de US$ 3 bilhões em faturamento, número 13,6% superior ao de 2012 (US$ 2,641 bilhões). Em volume, os resultados também foram bastante positivos, registrando um crescimento de 21%, subindo de 557,3 mil toneladas nos seis primeiros meses do ano passado para 674,7 mil toneladas em 2013.

"Estes números apontam que estamos no caminho certo para fechar o ano com um faturamento superior a US$ 6 bilhões na exportação de carne bovina", analisa o presidente da ABIEC, Antônio Jorge Camardelli. Segundo ele, os frigoríficos brasileiros têm conseguido compensar a queda na variação do preço médio da carne com a conquista de novos mercados e a ampliação da quantidade de carne exportada. "Neste sentido, temos trabalhado para ampliar nossa fatia de negócios em regiões importantes, como a Europa, a Ásia e o Oriente Médio", afirma.

A ampliação das exportações para Hong Kong - líder do ranking de compradores internacionais da carne bovina brasileira - é um exemplo dos esforços que têm sido feitos pela ABIEC e seus associados. As exportações para a região cresceram 67,7%, subindo de 103 mil toneladas no primeiro semestre de 2012 para 172,8 mil toneladas nos primeiros seis meses deste ano. Irã, com 98,4% de crescimento, e Argélia (60,7%) também representaram importantes conquistas de mercado para o setor.



A carne in natura continua sendo a categoria mais desejada pelos importadores, totalizando faturamento de US$ 2,3 bilhões e volume exportado de 523,6 mil toneladas.



Sobre a Abiec

Criada em 1979, a Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carnes (Abiec) reúne 20 empresas do setor no país, responsáveis por 92% da carne negociada para mercados internacionais. Sua criação foi uma resposta à necessidade de uma atuação mais ativa no segmento de exportação de carne bovina no Brasil, por meio da defesa dos interesses do setor, ampliação dos esforços para redução de barreiras comerciais e promoção dos produtos nacionais.

Atualmente, o Brasil produz 9,4 milhões de toneladas de carne bovina, 16,5% são negociados para dezenas de países em todo o mundo, seguindo os mais rigorosos padrões de qualidade. Na última década, o país registrou crescimento de 400% no valor de suas exportações, atingindo o recorde histórico de US$5,7 bilhões em faturamento e consolidando a posição de maior exportador mundial de carne bovina.


Fonte: ABIEC

0 comentários

Postar um comentário