quinta-feira, 27 de junho de 2013

Projeto São Paulo Orgânico


O Projeto São Paulo Orgânico tem como meta propor políticas públicas e fomentar o mercado de produtos orgânicos e sustentáveis, apoiar os produtores, promover a difusão de tecnologias e formar novos multiplicadores, deixando o mercado interno mais estruturado, com inclusão social, responsabilidade ambiental e geração de emprego e renda.

Para viabilizar o acesso aos recursos necessários para a implantação de culturas orgânicas, foi criada uma linha de financiamento pelo Fundo de Expansão do Agronegócio Paulista (Feap), órgão vinculado à Secretaria de Agricultura e Abastecimento (SAA). O teto de financiamento é de até R$ 100 mil por agricultor, pessoa física ou jurídica, e de até R$ 400 mil por cooperativa ou associação de agricultores. O prazo de pagamento é de até 7 anos, inclusa a carência de até 4 anos. O encargo financeiro é de 3% de juros ao ano.

Dentro desta linha de financiamento o agricultor poderá financiar a certificação da área produtiva, a aquisição de equipamentos e insumos destinados à transição agroecológica e a modernização da produção orgânica. Também poderá financiar a instalação e equipamentos para a produção de fertilizantes e defensivos orgânicos, além do custo das análises laboratoriais (água, solo, fertilizantes e outros) e dos procedimentos para outorga d’água e georreferenciamento da propriedade.

O apoio aos agricultores também será feito por meio da produção e comercialização de sementes e mudas orgânicas, desenvolvidas pelo Departamento de Sementes, Mudas e Matrizes (DSMM) da Coordenadoria de Assistência Técnica Integrada (Cati/SAA). Para 2013 está prevista a oferta de sementes orgânicas de arroz, milho e feijão.

Assessoria de Comunicação/Secretaria
Marina Mantovani/Adriana Rota/Nara Guimarães/Melissa Cerozzi
Estagiárias: Eli dos Santos/Gabriela Oliveira
Tel.: (11) 5067-0069

0 comentários

Postar um comentário