quarta-feira, 8 de maio de 2013

Tomate BRS Nagai conquista produtores de diversas regiões do Brasil


Foto Embrapa

Lançado no final de 2011 vem conquistando cada vez mais espaço nas principais regiões produtoras pelo seu desempenho e resistência/tolerância às principais doenças que atacam o tomateiro. E após o sucesso em Santa Catarina, Paraná (região de Faxinal), sul de São Paulo, Minas Gerais (Pimenta, Barbacena e Pouso Alegre), Distrito Federal, Rio Grande do Norte e Ceará (Serra da Ibiapaba), o tomate híbrido BRS Nagai virou destaque também na Serra Gaúcha.

De acordo com pesquisador Leonardo Boiteux, que coordena o programa de melhoramento genético de tomate na Embrapa Hortaliças (Brasília-DF), o BRS Nagai repetiu na região serrana do Rio Grande do Sul o mesmo desempenho registrado em outras localidades do Brasil. “Foi um ano muito crítico por causa da grande incidência de ‘Vira-Cabeça’ (causada por Tospovirus) nos diversos municípios da Serra Gaúcha. No entanto, o BRS Nagai (que possui o gene de resistência Sw-5) mostrou-se tolerante a essa virose, produzindo frutos de ótimo calibre, vermelhos e plantas com rápido desenvolvimento inicial, e vigorosas”, acentua o pesquisador. “Segundo os produtores sulistas, foi o único material dentro dos segmentos Santa Cruz/Saladete que conseguiu produzir na região”, acrescenta.

Além do Vira-Cabeça, o Nagai também possui tolerância a Geminivírus, Verticilium raça 1 e Fusarium raças 1 e 2, um pacote de resistências que torna bastante atraente a sua produção, já que implica na redução de aplicação de defensivos agrícolas, reduzindo custos para o produtor. “Outra vantagem apresentada pelo BRS Nagai é a sua longevidade pós-colheita associada com seu excelente sabor, o que representa mais um aspecto positivo para produtores, atacadistas e consumidores”, acentua Boiteux.

Mas não terminam por aí as qualidades do tomate BRS Nagai. Com relação à produtividade, mostra de 10 a 12 quilos por planta, com seis frutos por cacho, em média. Junte-se a isso o fato de não haver restrições ao seu plantio – em qualquer época, tanto em campo aberto, quanto em cultivo protegido.

O dobro de sementes

O tomate BRS Nagai foi desenvolvido dentro do acordo de parceria entre a Embrapa Hortaliças e a empresa de sementes Agrocinco, que detém os direitos de comercialização, conforme preconiza a Lei de Inovação 10.973/04.

E o setor sementeiro também só tem a comemorar. No ultimo ano, foram comercializadas/distribuídas cerca 700 mil sementes e, para o próximo período, a previsão é de que esse número possa dobrar.

Para Boiteux, esses resultados mostram que além de garantir a ampliação da presença de produtos da Unidade no mercado, esse tipo de parceria gera uma otimização de recursos e esforços, uma vez que haverá uma demanda dirigida por parte das empresas, que estão em contato direto com o produtor.

Anelise Macedo (MTB 2749/DF)
Embrapa Hortaliças
(61) 3385-9109
anelise.campos@embrapa.br

0 comentários

Postar um comentário