sexta-feira, 26 de abril de 2013

Boi Gordo: Oferta e variação de preço da @ moderada


Em São Paulo, as ofertas de boi gordo acima de R$100,00/arroba, à vista, diminuíram significativamente. As escalas de abate evoluíram um pouco nos últimos dias e isso favoreceu a pressão. Porém, a oferta de boiadas segue moderada.

O volume de negócios não foi suficiente para gerar impactos nos preços à vista no Estado, condição mais comum de venda. Em média, as programações atendem quatro dias.

Há indústrias que reduziram suas ofertas em R$2,00/arroba, mas ainda não há relatos de boiadas compradas nestes valores.

Em praticamente todas as praças vizinhas a São Paulo há tentativas de compras em preços menores. É preciso tempo para ver se o mercado comporta os preços menores, tendo em vista que o cenário de disponibilidade modesta de boiadas terminadas não mudou.

Mercado de reposição apresenta boa fluidez nos negócios

A queda da temperatura em São Paulo diminuiu a demanda por animais jovens na última semana e houve apenas ajustes pontuais. Animais mais erados continuam bem procurados no Brasil Central. Na semana passada, o boi magro anelorado teve alta de 0,9%, na média dos Estados do Centro-Oeste.

Em Mato Grosso, o mercado teve melhora nas movimentações. O bezerro (5,5 arroba) teve valorização semanal de 1,5%. Na Bahia, a diminuição do volume de chuvas fez com que a procura tivesse retração.

No Paraná, o mercado ficou mais aquecido, devido aos leilões que estão ocorrendo no Estado. No geral, as categorias mais jovens estão com maior procura e melhor volume de negócios no Sul do país.

Há expectativa de melhora nas negociações deste tipo de animal para maio, em função do desmame da bezerrada. Porém, a campanha de imunização do rebanho contra a febre aftosa pode alterar a dinâmica do mercado.

Fonte: Rural BR e Scott Consultoria

0 comentários

Postar um comentário