quinta-feira, 14 de março de 2013

Agenda de feira de touros do Pró-Genética será aberta em Uberlândia


Mais de cem touros de genética superior serão vendidos no período de 19 a 22 de março, em condições facilitadas, no Parque de Exposições “Camaru”, em Uberlândia, Triângulo Mineiro. O evento vai abrir a agenda 2013 de Feiras de Touros do Pró-Genética, criado pela Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais (Seapa) e executado pela vinculada Emater-MG

Desta vez, a feira de touros será incluída na 2ª Feira de Máquinas, Equipamentos, Implementos, Insumos Agrícolas e Veículos Utilitários (Femec), organizada pelo Sindicato Rural de Uberlândia com o apoio do Núcleo de Sindicatos Rurais do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba. São parceiros também o Sebrae, Senar, Secretaria de Agricultura do município, Banco do Brasil e Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ), entre outros.

“Os animais comercializados no “Camaru” deverão contribuir para a melhoria da qualidade dos rebanhos de Uberlândia e região, principalmente nos estabelecimentos de agricultura familiar, conforme os objetivos do Pró-Genética”, explica o secretário da Agricultura, Elmiro Nascimento. “A comercialização dos reprodutores, integrada a um evento do porte da 2ª Femec, aponta para novas possibilidades de fortalecimento das atividades e consolidação do Pró-Genética”, acrescenta.

Esforço concentrado

De acordo com Nascimento, há uma concentração de esforços dos parceiros desde a fase de divulgação e mobilização dos produtores para participarem da feira. “As perspectivas de adesão dos produtores ao programa são boas porque eles recebem informações sobre a importância de iniciar ou intensificar o melhoramento de seus plantéis de corte e de leite mediante a introdução de touros com genética comprovada pela ABCZ”, observa.

Os compradores que manifestam o interesse de comprar tourinhos recebem orientação dos extensionistas da Emater para se beneficiarem do crédito específico. Além disso, os técnicos também ajudam os produtores a escolher animais de raças adequadas para a cruza com as fêmeas de seus rebanhos. 
Segundo o secretário, esse trabalho dá bons resultados desde a criação do Pró-Genética, há sete anos, correspondendo ao objetivo de facilitar principalmente o acesso dos estabelecimentos da agricultura familiar (plantel de até 160 cabeças) aos touros de alta genética. “Esses animais podem ajudar na transformação da realidade dos rebanhos de Minas”, enfatiza.

Assistência completa

O gerente regional da Emater de Uberlândia, Milton Flávio Nunes, enfatiza a importância da parceira da 2ª Femec na realização da primeira Feira de Touros do Pró-Genética neste ano. Ele explica que o trabalho inclui a realização de seminários para os produtores rurais nos municípios vinculados à regional da Emater. Os extensionistas, além de fazer o levantamento de demandas de animais para a Feira do Pró-Genética e ajudar na definição das raças a serem introduzidas nos plantéis, também mobilizam os produtores rurais para anteciparem a atualização de seus cadastros bancários, o que facilitará os negócios durante o evento.

Nunes diz que as feiras do Pró-Genética tiveram a duração de um dia e a comercialização por evento foi de 20 a 30 touros. De acordo com as estimativas do gerente, a mobilização de compradores deve contribuir para uma demanda de até 200 cabeças nos quatro dias de realização da 2ª Femec.

A próxima Feira de Touros do Pró-Genética será realizada em 24 de março, no município de São Roque de Minas (Serra da Canastra). De acordo com o Departamento Técnico (Detec) da Emater, por meio desse evento cerca de 40 animais deverão ser introduzidos nas propriedades da região que se dedicam principalmente à produção de leite para fabricação de queijo artesanal.



Mais Informações: 31 3915 8545/ 8552

Fonte: Agência Minas

0 comentários

Postar um comentário