terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Minas Gerais:Parceria incentiva produção de mudas de Cana-de-Açúcar com qualidade para alimentação bovina


Viabilizar aos produtores de leite da região Centro-Oeste mudas de cana-de-açúcar com qualidade para alimentação bovina. Esse é objetivo da parceria, firmada entre a Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig),Emater-MG, Cooperativa Regional de Produtores Rurais de Sete Lagoas (Coopersete), Sindicato Rural de Sete Lagoas e Sicoob Credisete, que visa a formação de viveiro primário de mudas de cana-de-açúcar para multiplicação.

De acordo com o pesquisador da Epamig Centro-Oeste, Geraldo Macedo, cinco variedades de cana estão sob testes na Fazenda Experimental Santa Rita, em Prudente de Morais. Elas foram indicadas pela Universidade Federal de Viçosa (UFV) e pelo Instituto Agronômico de Campinas (IAC). “São variedades produzidas para o setor sucroalcooleiro, sendo que algumas delas apresentam baixo teor de fibras, característica interessante para alimentação bovina”, explica.

Cinco produtores de leite cooperados da Coopersete, dos municípios de Cachoeira da Prata, Inhaúma, Esmeraldas, Funilândia e Sete Lagoas, foram selecionados como viveiristas multiplicadores. A partir de fevereiro de 2013 eles receberão as mudas melhoradas e iniciarão a produção. De acordo com o Macedo, 50% das mudas que serão multiplicadas serão vendidas, em 2014, a preço de custo aos produtores cooperados e o restante será comercializado aos demais interessados. “A Epamig disponibiliza a tecnologia e possibilita que os próprios produtores se organizem, juntamente com as instituições de classe”, explica o pesquisador.

A fazenda dos produtores de leite Maurílio, Mozart e Mardânio, os irmãos Vaz de Melo, foi uma das selecionadas para multiplicação das mudas, devido ao potencial técnico da propriedade. “A intenção é introduzir variedades com mais qualidade para alimentação do gado leiteiro em toda a região”, disse Maurílio Vaz de Melo.

Canavial mais produtivo

De acordo com o Macedo, para obter boa produtividade de um canavial, recomenda-se que o produtor adote alguns procedimentos:

- Plante mudas de qualidade, com até 12 meses de idade;

- Procure orientação, durante implantação do canavial, quanto às variedades mais apropriadas para a região em que será feito o plantio;

- Faça correção do solo, se necessário, adubação equilibrada e controle as plantas invasoras, pois estas podem interferir em até 80% da produção;

- Mantenha adubação de manutenção – reponha os nutrientes que o canavial retira do solo.

Para o pesquisador é importante que o produtor conduza o canavial por seis anos (cultura semiperene). “Nesse ciclo de vida, o canavial permitirá cinco cortes”, afirma. O custo de produção anual de um canavial, seguindo as recomendações acima citadas, é estimado em R$ 2.500 por hectare.




Fonte: Agência Minas

0 comentários

Postar um comentário