quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Mato Grosso do Sul: Consórcio adere ao Sisbi/Suasa


Os cinco municípios sul-matogrossenses do Consórcio Público de Desenvolvimento do Vale do Ivinhema (Codevale) já podem vender produtos a base de mel para todo o País. Na terça-feira, 20 de novembro, o consórcio aderiu ao Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal (Sisbipoa) do Sistema Unificado de Atenção à Saúde Agropecuária (Suasa) depois que o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) reconheceu a equivalência dos Serviços de Inspeção de Produtos de Origem Animal da Codevale com o sistema nacional. Este é o segundo consórcio a aderir aos Sisbi/Suasa.

A portaria de adesão, publicada no Diário Oficial da União de 21 de novembro, determina ainda ao Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Animal (Dipoa/SDA) a inserção do nome Codevale no cadastro geral. O consórcio, agora, trabalha para conseguir equivalência em outros setores produtivos, como de carne.

Em outubro, foi realizada auditoria operacional nos serviços de inspeção dos municípios que formam o consórcio para comprovar a conformidade com os padrões nacionais. Com a autorização, os estabelecimentos de mel poderão ampliar o âmbito de comercialização de seus produtos para todo o território nacional.

O Suasa foi regulamentado em 2006, por meio do Decreto nº 5.741, e a sua finalidade é garantir a saúde dos animais e a sanidade dos vegetais, bem como a idoneidade dos insumos e dos serviços agropecuários, além da oferta de produtos agropecuários seguros e em conformidade com os padrões mundiais de segurança. Estados e municípios que aderirem ao Suasa passarão a ter suas produções certificadas dentro de um sistema com padrões de excelência inquestionáveis.

Mais informações para a imprensa:
Assessoria de Comunicação Social
(61) 3218-2205
Carlos Américo
carlos.americo@agricultura.gov.br

Fonte: MAPA

0 comentários

Postar um comentário