quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Embrapa: Novas árvores do conhecimento sobre espécies com potencial energético


Mamona, gergelim e agroenergia são os temas das três novas Árvores do Conhecimento que acabam de ser lançadas pela Agência de Informação Embrapa (AIE), resultado da parceria entre a Embrapa Informação Tecnológica (Brasília/DF), a Embrapa Informática Agropecuária (Campinas/SP), Embrapa Algodão (Campina Grande/PB) e Embrapa Agroenergia (Brasília/DF). A partir de agora, estão disponíveis para a consulta 28 árvores na categoria Cultivo, três da categoria Criações e nove temáticas.

Cultivada principalmente na região Nordeste do Brasil, a mamona (Ricinus communis L.) é uma das espécies mais versáteis e de maior potencial de uso na indústria, entre as quais a de próteses ósseas e a de lubrificantes de motores. Desde 1987, a Embrapa coordena pesquisas na área e já desenvolveu quatro cultivares e vários sistemas de informação.

Na Árvore do Conhecimento Agroenergia, a proposta foi reunir e oferecer informações sobre as formas de obtenção de energia proveniente da agricultura, a partir de quatro grandes temas: álcool, biodiesel, florestas e resíduos (dejetos agropecuários da agricultura).


O assunto é um dos principais destaques da pauta científica internacional, principalmente considerando-se o fato de que vários estudos apontam para o esgotamento das fontes de energia fóssil já nas próximas quatro ou cinco décadas. Aliado a isso, está a necessidade urgente de alternativas que conciliem o desenvolvimento à sustentabilidade e, em especial, às alterações climáticas. Socioeconomia, pesquisa, desenvolvimento e inovação, e o Plano Nacional de Energia (PNE 2030) são outros temas também abordados e complementados com material de consulta.

O gergelim (Sesamum indicum L.), uma das oleaginosas mais antigas e usadas pela humanidade, é o tema de outra das novas árvores do conhecimento que acabam de ser lançadas. Introduzido no Brasil pelos portugueses, no século XVI, é plantado tradicionalmente na região Nordeste para consumo local, e vem sendo explorado comercialmente no Centro-Sul, especialmente no estado de São Paulo, que atende ao segmento agroindustrial de óleos e de alimentos in natura.

Informação para todos

A Agência de Informação Embrapa é um sistema web que contribui com a organização, o tratamento, o armazenamento, a divulgação e o acesso à informação tecnológica e ao conhecimento gerados pela Embrapa e outras instituições de pesquisa.

Os dados, apresentados em estruturas ramificadas em forma de árvore, podem ser consultados por meio de navegação hiperbólica (forma gráfica da árvore do conhecimento), em hipertexto ou por meio da ferramenta de busca. As informações contidas nas diversas árvores são resultado da pesquisa desenvolvida pelas unidades descentralizadas da Embrapa, sobre produtos e temas do negócio agrícola, e destinam-se aos diversos segmentos de público interessados no setor, entre pesquisadores, produtores, extensionistas, estudantes e empresários. Para conferir o conteúdo, basta acessarwww.embrapa.br/agencia

Serviço

As novas Árvores do Conhecimento da Agência de Informação Embrapa estão disponíveis no endereço: www.embrapa.br/agencia

0 comentários

Postar um comentário