quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Eficiência Hídrica na Produção Bovina


O produtor de leite deve incorporar a expressão "eficiência hídrica da produção" em seu cotidiano. Esta foi a principal mensagem do pesquisador da Embrapa Pecuária Sudeste Julio Cesar Palhares, na palestra de abertura do curso “Manejo Hídrico de Bovinocultura de Leite com Ênfase na Irrigação de Pastagens”. Com cerca de 50 participantes, o evento teve início na tarde desta terça-feira (20), na Embrapa Pecuária Sudeste (São Carlos, SP).

Na palestra, Palhares falou sobre os desafios hídricos para produção de bovinos de leite. Para o pesquisador, a concorrência pela água nas atividades produtivas só deve crescer, devido à escassez desse recurso natural, à urbanização, à industrialização, entre outros fatores. Por isso, a pecuária deve começar a agir para ser mais eficiente e mais sustentável no uso da água. O pesquisador lembrou que qualquer atividade de produção de alimentos tem alto consumo hídrico. No entanto, é possível reduzir esse impacto, mudando a cultura e criando o hábito de medir e documentar fielmente o consumo de água na propriedade.

O Brasil tem 12% da água doce do mundo, mas 80% está localizada na Amazônia, longe dos grandes centros urbanos e das propriedades rurais com atividade intensiva. "Temos uma vantagem natural, temos água em abundância, mas não podemos esquecer que é inviável transportar a água da Amazônia para o Centro-Sul", disse Palhares. Por isso, é preciso que o produtor deixe de considerar a água um insumo produtivo inesgotável, e mude para uma visão integrada. Além de insumo produtivo, ela também é alimento para o animal e um recurso natural. Palhares também informou em primeira mão aos participantes a eleição do brasileiro Benedito Braga, diretor da Agência Nacional de Águas (ANA), para a presidência do Conselho Mundial da Água, ocorrida nesta segunda-feira (19). Com representantes de mais de trinta países, é um dos principais órgãos de defesa dos recursos hídricos do planeta.

Larissa Morais MTb/SP 48218
Embrapa Pecuária Sudeste
Fone: (16) 3411-5625
larissamorais@cppse.embrapa.br

Fonte: Embrapa

0 comentários

Postar um comentário