sexta-feira, 16 de novembro de 2012

‘BRS Platina’ : Embrapa protege primeira cultivar de bananeira do tipo Prata no Brasil


O Diário Oficial da União (DOU) publicou recentemente a proteção definitiva da cultivar de bananeira ‘BRS Platina’, desenvolvida pela Embrapa Mandioca e Fruticultura (Cruz das Almas – BA), Unidade da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – Embrapa, vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Esta é a primeira cultivar de bananeira do tipo Prata protegida pela Embrapa Mandioca e Fruticultura.

Segundo Edson Perito Amorim, pesquisador responsável pelo programa de melhoramento genético da bananeira da Embrapa, a proteção é um marco para a Embrapa e para a agricultura brasileira. “O registro da ‘BRS Platina’ tem como objetivo salvaguardar os direitos da Embrapa como obtentora da tecnologia, assim como proporcionar maior segurança para os agricultores, uma vez que a cultivar será disponibilizada ao público por meio de empresas especializadas em micropropagação de plantas, permitindo uma maior qualidade, em especial devido à isenção de doenças, entre as quais os vírus”, afirma.
Diferenciais

Lançada em outubro durante o XXII Congresso Brasileiro de Fruticultura, em Bento Gonçalves (RS), a cultivar tem como principal diferencial a resistência ao mal-do-Panamá e à Sigatoka-amarela, duas das principais doenças da cultura. “A ‘BRS Platina’ vem atender à demanda por frutos do tipo Prata, especialmente onde há a presença do mal-do-Panamá, doença que limita a produção da cultivar ‘Prata Anã’”, afirma Amorim. Os frutos se assemelham aos da ‘Prata Anã’ em forma, tamanho e sabor, porém devem ser consumidos com a casca um pouco mais verde, à semelhança das variedades do subgrupo Cavendish.

A pesquisa foi desenvolvida em parceria com o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano de Guanambi (BA) e com a Unidade Regional Norte de Minas da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Nova Porteirinha – MG).

O programa de melhoramento genético de bananeira da Embrapa foi iniciado em 1976 e já lançou 10 cultivares e recomendou outras cinco, entre as quais a ‘Prata Anã’ e a ‘Pacovan’.
Processo

O processo de registro da ‘BRS Platina’ levou cerca de onze meses. A solicitação foi feita junto ao Serviço Nacional de Proteção de Cultivares (SNPC) em setembro de 2011 e o pedido foi protocolado no Registro Nacional de Cultivares em 26 de janeiro de 2012. Em 3 de maio, o DOU tornou pública a tramitação do requerimento de pedido de proteção no SNPC, dando à sociedade o prazo de 90 dias a contar da publicação para a apresentação de eventuais impugnações. Em 30 de agosto, foi aberto o prazo de 60 dias para recurso.

Léa Cunha (DRT-BA 1633)
Embrapa Mandioca e Fruticultura
Telefone: (75) 3312-8076 
leacunha@cnpmf.embrapa.br

0 comentários

Postar um comentário