quarta-feira, 19 de setembro de 2012

Minas Gerais: Técnicos do IMA são capacitados para certificarem cachaça


Durante os meses de setembro e outubro, auditores do Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA) que atuam na certificação de cachaça participarão de treinamento para tornarem-se "Mestres Alambiqueiros". Tal especialização é uma exigência do Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (INMETRO), já que o IMA é um Organismo Certificador de Produtos (OCP) para cachaça. O curso acontece de 17 a 21 de setembro e de 1º a 5 de outubro, no município de Itaverava (Região Central do estado).

O objetivo é atualizar e aperfeiçoar tecnicamente os profissionais, em relação às etapas de produção da cachaça - desde o plantio da cana até o envase da bebida. Para a primeira etapa do treinamento estão inscritos 18 auditores que atuam na certificação da cachaça em várias regiões do estado. O curso é ministrado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR) e Grupo Cana Brasil.

De acordo com o diretor geral do IMA, Altino Rodrigues Neto, esse treinamento visa nivelar a equipe especializada nesta área, para que cada vez mais, a certificação esteja diretamente ligada à qualidade do produto. "A cachaça é uma das bebidas mais populares de Minas Gerais. Devemos prezar sempre pela qualidade absoluta da bebida que é comercializada no estado, para que ganhe cada vez mais destaque nos mercados nacional e internacional", comenta.

Ainda segundo Altino, a certificação dá maior garantia de qualidade, abre portas para novos mercados e colabora para o desenvolvimento de todo o setor produtivo.

Desde o ano 2009, o IMA - instituição vinculada à Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (SEAPA) - é acreditado pelo INMETRO como Organismo de Certificação de Produtos (OCP) para cachaça. Esta condição propicia maior credibilidade e notoriedade em âmbito nacional e internacional para o processo de certificação de produtos agropecuários.

Atualmente, 246 marcas são certificadas através do programa voltado para produtos agropecuários e agroindustriais. Além das marcas certificadas, 171 alambiques são registrados.

Certificação

O programa de certificação de produtos agropecuários e agroindustriais do IMA é de adesão voluntária e voltado para produtores de cachaças artesanais, produzidas com fermento natural e destiladas em alambique de cobre.

As cachaçarias são certificadas segundo o processo de produção utilizado, que devem atender os procedimentos de boas práticas, adequação social além da responsabilidade ambiental. Com isso, esses estabelecimentos passam a ter o direito de uso do certificado, da marca de conformidade e dos selos de certificação oficiais do estado de Minas Gerais, que são adesivados nas garrafas comercializadas.

O interessado em participar desse processo deve procurar um dos escritórios do IMA mais próximo de sua região para receber as orientações necessárias.

Fonte: Assessoria de Comunicação IMA

0 comentários

Postar um comentário