sexta-feira, 24 de agosto de 2012

Teto adicional para produtores de milho é aprovado pelo CMN


O CMN (Conselho Monetário Nacional) aprovou nesta quinta-feira um teto adicional para o financiamento da produção de milho. Os produtores terão acesso a R$ 800 mil a mais para o cultivo de milho, a uma taxa de 5,5% a.a. Com boas práticas agropecuárias, como a conservação de solo e o plantio direto na palha, esse valor pode chegar a R$ 1,8 milhão.

“Nossa safra de milho deste ano foi fantástica. Tivemos uma produção com qualidade e quantidade surpreendentes, e é isso que nós esperamos para o próximo período”, disse o subsecretário de Política Agrícola, João Rabelo.

O CMN aprovou também a criação de uma linha específica para refinanciamento de dívidas de produtores de maçã. “Nos últimos anos, vários fatores climáticos afetaram a rentabilidade do produtor de maçã. Vamos dar uma oportunidade de regularização para aqueles que estejam endividados”, detalhou Rabelo.

O CMN autorizou ainda a prorrogação de financiamento ao FTRA (Fundo de Terras e da Reforma Agrária). Veja a síntese dos votos do Conselho Monetário Nacional do Ministério da Fazenda.


Fonte: Conselho Monetário Nacional

0 comentários

Postar um comentário