quarta-feira, 15 de agosto de 2012

Quatro Projetos Foram definidos pela Câmara Setorial da Ovinocultura no Rio Grande do Sul


A Câmara Setorial da Ovinocultura reuniu-se, nessa terça-feira (14), na sede da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Agronegócio, onde definiu quatro projetos prioritários para o desenvolvimento do setor. Contando com a participação do titular da pasta, Luiz Fernando Mainardi, as propostas foram aprovadas por unanimidade. na ocasião também foram elaborados grupos de trabalho (GTs) constituídos na Câmara Setorial. 

O Grupo de Trabalho "Sanidade" apresentou o projeto de pesquisa sobre a incidência da Brucelose Ovina no Estado do Rio Grande do Sul. Já, o GT de "Extensão Rural e Pecuária Familiar" destacou projeto de Capacitação Técnica e Gerencial para produtores rurais, com o intuito de melhorar os índices zootécnicos e econômicos da ovinocultura gaúcha, bem como estruturar a comercialização dos produtos (carne e lã), oriundos da atividade. Esse projeto deverá envolver, inicialmente, os 35 maiores municípios criadores de ovinos do Estado que, em conjunto, somam mais de 80% do rebanho gaúcho.

O GT "Abigeato" apresentou minuta do projeto para tratar dos crimes de abigeato e abate irregular de animais em âmbito estadual. O último GT, "Manejo Reprodutivo e Nutricional", tratou de um guia prático para o ovinocultor, que deverá servir como orientação ao produtor, principalmente no manejo do seu rebanho. Após a apresentação dos projetos, foram apresentados os resultados obtidos até o momento e as novas taxas de juros que serão adotadas no Programa "Mais Ovinos no Campo".

O coordenador da Câmara de Ovinocultura, José Galdino Dias, destacou a importância da aprovação dos projetos para a cadeia, no momento em que a ovinocultura começa a retomar sua importância como atividade geradora de renda nas propriedades rurais no Rio Grande do Sul.

Fonte: Governo do Estado do Rio Grande do Sul

0 comentários

Postar um comentário