sexta-feira, 17 de agosto de 2012

Ministério de Minas e Energia muda regra de Leilão de Biodiesel



Os fornecedores de biodiesel poderão apresentar pela Internet seus lances no próximo leilão do combustível, conforme portaria publicada ontem pelo Ministério de Minas e Energia (MME), no Diário Oficial da União (DOU). Até a última negociação, realizada em junho deste ano, essa etapa dos leilões era apenas presencial.

"A medida reduzirá consideravelmente o tempo entre a fase de oferta de venda e a fase de compra, e, dessa forma, contribuirá bastante para eliminar o risco de variação de preço da matéria-prima nesse intervalo", afirmou o ministério em nota. Será criado um sistema eletrônico específico para a apresentação dos lances durante o leilão.

A portaria do Ministério também cria uma etapa de tomada de preços depois da primeira rodada de compra do combustível, que é feita exclusivamente de usinas com o Selo de Combustível Social. Dessa segunda fase também poderão participar fornecedores sem o selo conferido ao combustível, feito a partir de matérias-primas originadas na agricultura familiar.

Além disso, o documento entrega à Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) a responsabilidade por definir a periodicidade dos leilões. Atualmente, os processos são trimestrais, mas poderão ocorrer em intervalos menores no futuro.

Em maio deste ano, o governo já tinha alterado algumas regras dos leilões de biodiesel para tornar os certames menos suscetíveis à combinação de preços entre os fornecedores. As mudanças foram feitas após a suspeita de fraude no leilão de dezembro de 2011, que foi investigado pela Polícia Federal a pedido da ANP.


Fonte: DCI

0 comentários

Postar um comentário