sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Determinação do Governo Exige que Suco de Uva tenha 50% de Néctar ou Polpa


O suco de uva produzido no Brasil terá de conter, no mínimo, 50% de polpa ou néctar da fruta. A determinação está publicada hoje (31) no Diário Oficial da União, na Norma Instrutiva 24, assinada pelo ministro da Agricultura, Mendes Ribeiro Filho. Os produtores e empresários terão 180 dias para adequação à ordem.

O texto da instrução normativa pode ser acessado no endereço:  http://www.in.gov.br/imprensa/visualiza/index.jsp?jornal=1&pagina=24&data=31/08/2012.

Os especialistas dizem que há diferença entre suco, polpa, sumo e néctar de frutas. De acordo com a legislação brasileira, a maioria dos sucos não pode conter água para pertencer a essa categoria específica, exceto no caso de alguns frutos, como os tropicais, tipo pitanga e tamarindo.

O néctar, segundo estudiosos, é uma bebida adoçada e diluída em água, pronta para consumir. Há ainda o chamado refresco da fruta, que é a bebida com menor concentração de fruta. Nos supermercado e mercearias do país são vendidos a bebida em pó, o chamado suco de saquinho, que é utilizado em água.

O Ministério da Agricultura informa que a produção de uva no país ocupa 81 mil hectares, destacando as regiões do Rio Grande do Sul que concentram 330 milhões de litros de vinhos e os chamados mostos - sumo de uvas frescas que ainda não tenham passado pelo processo de fermentação. Também há produção de uvas em Petrolina (Pernambuco), Juazeiro(Bahia) e no Vale do São Francisco.

Fonte: Agência Brasil            Edição: Graça Adjuto

0 comentários

Postar um comentário