quarta-feira, 1 de agosto de 2012

Comissão Técnica vai elaborar norma para produção de tomate


A Comissão Técnica para a Produção Integrada de Tomate de Mesa, constituída nesta quarta-feira, 1º de agosto, terá, como principal atribuição, elaborar a Norma Técnica Específica (NTE) para esta cultura. A Produção Integrada Agropecuária (PI Brasil) é um sistema de produção que gera alimentos e demais produtos seguros e de alta qualidade, mediante a aplicação de recursos naturais e regulação de mecanismos para a substituição de insumos poluentes, garantindo a sustentabilidade e viabilizando a rastreabilidade da produção agropecuária. 

Com a NTE elaborada e publicada, os produtores de tomate de mesa terão à disposição uma importante ferramenta de gestão da propriedade, baseada na sustentabilidade, rastreabilidade e monitoramento da lavoura ao mesmo tempo em que possibilitará a certificação de todo o processo produtivo.

A Portaria nº 218, assinada por Erikson Chandoha, secretário de Desenvolvimento Agropecuário e Cooperativismo do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (SDC/Mapa), foi publicada no Diário Oficial da União.

A Comissão, sob a coordenação de Walter Ferreira Becker, da Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri), será composta pelos representantes Leandro Luiz Marcuzzo, do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Catarinense (IFC - Campus Rio do Sul), David dos Santos Martins, do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper), Dirceu Pratissoli, da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES) e Marcus Altoé, da Plantec Laboratórios.

Portaria nº 218 http://www.in.gov.br/visualiza/index.jsp?data=01/08/2012&jornal=2&pagina=4&totalArquivos=72

Mais informações para a imprensa:
Assessoria de Comunicação Social do Mapa
Inez De Podestà
(61) 3218 2203 / 2204
inez.podesta@agricultura.gov.br

0 comentários

Postar um comentário