terça-feira, 7 de agosto de 2012

Ass. Holstein EUA Anuncia Mudanças na Classificação de Tipo


O sistema de Avaliação Genética da Hosltein USA é tido atualmente como o maior e mais representativo entre os testes de progênies realizados pelo mundo todo, devido ao grande volume de dados de produção e conformação computados pela Associação em conjunto com os órgãos de pesquisa agropecuária do governo Americano USDA e AIPL. Em 2011 foram registrados 360.149 animais, um aumento de mais de 20.000 registros sobre 2010. 

A Associação Holstein USA que tem como marca registrada o lema “Holstein USA registrado para lucratividade máxima” informou que na última vez em que tais números foram alcançados existiam bem mais do que 120.000 fazendas de leite nos Estados Unidos e hoje essa marca em registros está sendo atingida com apenas metade delas.

Em Fevereiro de 2011 mudanças no padrão de Avaliação da Estatura de vacas no Sistema de Classificação de Tipo, já haviam sido anunciadas, segundo John Connor, Diretor da Avaliação de Tipo da Holstein USA, as estatísticas demonstraram que a vaca holandesa está ficando mais alta e problemas de remodelagem de estábulos e contenção de freestall e tiestall para acomodar as vacas maiores começam a ocorrer, por isso novas políticas estão sendo adotadas pela Associação.

Estatura é a característica de maior herdabilidade mensurável “0,42” , por isso os efeitos da seleção continua para estatura podem ser facilmente quantificados na população. Segundo dados da Associação, a média em STA da população de touros disponível em Fevereiro de 2006 era +0,74 (Alto) e em Dezembro de 2010 +1,33 (Alto). E ainda acrescentando os valores da mudança da Base Genética Janeiro 2010 de +0,70 , a mudança real no STA Estatura é +1,29. 

Na Escala Linear esta conta nos mostra uma mudança muito significativa de +2,33 pontos lineares, ou seja, cerca de meia polegada a mais em menos de 5 anos.
Para Connor a real mensagem de tudo isso é "Não desejamos que a raça Holstein siga continuamente progredindo numa direção que resultará em vacas extremamente altas que precisem ser alojadas e manejadas de forma diferente da maioria do rebanho, apenas para mantê-las no rebanho”.

Algumas recomendações foram aprovadas nesta recente Conferência Nacional de Gado Hosltein dos Estados Unidos, feitas pelo Comitê do Conselho de Tipo da Associação , e estão sendo alteradas no Programa de Classificação de Tipo dos EUA:

• 56 polegadas ou 1,40 m passa a ser o Ideal em estatura em Vacas Holstein de primeira cria e que a estatura em vacas holstein primíparas seja avaliada como as Caracaterísticas de “Mão Dupla” onde o intermediário (mediano) é o valor “Ótimo”.
• Vacas holstein de primeira cria terão um intervalo aceitável em estatura de 53-59 polegadas, ou seja, 1,32 a 1,475 m
• Alteração da escala linear para Estatura no Sistema de Classificação de Tipo, onde 1,40m (56 polegadas) será igual a 25 pontos, valor intermediário na escala que vai de 1 a 50 pontos.
• Mudança do peso do conjunto de Pés e Pernas no Score Final de Classificação para 20%, com 5% deduzido da avaliação do conjunto Trem Anterior/Capacidade.
• Classificadores farão redução nos pontos para Tetos Curtos e Tetos Posteriores Próximos.
• O Comitê de Progresso Genético considera introduzir Comprimento de Tetos na fórmula do Composto de Úbere.

No encerramento da Convenção Anual Holstein, o Secretário Executivo da Associação John M. Meyer, comentou: "Ao refletir sobre as mudanças da indústria de leite do passado e pensar no que poderia ser iminente, meus pensamentos se voltam para o grande Walt Disney, que disse: " Sempre estar em estado de se tornar ". Eu gosto da citação, porque nos remete a buscar sempre pela excelência e a olhar para as oportunidades que se colocam entre os desafios”.

Os novos padrões de Gado Holandês que estão sendo adotados pela Associação Holstein USA são provas de que o modelo ideal de vaca nos Estados Unidos realmente está mudando e isso deverá alterar o rankeamento de Touros e Vacas por Tipo e TPI , bem como sua seleção. E também demonstram uma orientação clara que reflete a busca por uma vaca além de muito lucrativa, que facilite o manejo e agregue grande valor a sua criação, e pelo novo modelo já se mostra como uma vaca que tem em sua expressão um sistema mamário que alia capacidade de produção e longevidade além de muita força leiteira !


Fonte: http://www.holsteinusa.com/news/press_release2012.jsp#pr2012_12 e ABS PECPLAN

0 comentários

Postar um comentário