quarta-feira, 8 de agosto de 2012

Ações Realizadas pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento


O ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Mendes Ribeiro Filho, se reuniu com a bancada gaúcha do Congresso Nacional e fez um balanço das ações implementadas pelo ministério durante a sua gestão. O encontro se realizou nesta terça-feira, 07 de agosto, em Brasília.

Mendes Ribeiro Filho apresentou um relatório detalhado com medidas adotadas pelo Ministério da Agricultura (Mapa) nos últimos 12 meses. Entre elas, ações como a prorrogação das dívidas de custeio e de investimento de produtores e cooperativas, atingidos pela forte estiagem nas regiões Sul e Nordeste.

Os parlamentares ainda ficaram a par do apoio aos suinocultores, como a renegociação das dívidas de custeio e investimento contratadas por criadores não integrados; a definição do preço mínimo para suínos vivos em R$ 2,30 por Kg, nas regiões Sul e Sudeste, e de R$ 2,15, no Centro-Oeste; a criação de uma Linha Especial de Crédito (LEC) para a aquisição de leitões com taxa de 5,5% ao ano, com valor inicial de R$ 200 milhões e a ampliação do limite da linha de crédito para retenção de matrizes por produtores independentes de R$ 1,2 milhão por produtor para R$ 2 milhões, até 30 de dezembro deste ano.

Também foi mencionado o apoio recentemente anunciado aos produtores de laranja, como o preço mínimo de R$ 10,10 por caixa e os leilões de PEP – Prêmio de Escoamento de Produto e de PEPRO – Prêmio Equalizador Pago ao Produtor, visando contribuir para o crescimento do mercado interno de laranja e suco de laranja.

Para os produtores de arroz, o reescalonamento do pagamento das parcelas de crédito rural de investimento, bem como de custeios prorrogados em anos anteriores. Assim, o produtor poderá pagar a parcela de 2012 até um ano após o vencimento do contrato, mediante demonstração da incapacidade de pagamento.

Além disso, foi citada a ampliação do seguro rural aos produtores, que passou R$ 267 milhões na Safra 2011/2012 para 400 milhões na Safra 2012/2013. “Como também a renegociação das dívidas dos armazéns em todo país, o controle nas importações de leite, e as demais prioridades que foram surgindo. Tudo foi construído dentro desse processo, dentro desse desafio nos ultrapassamos essas barreiras e dificuldades”, acrescentou o secretário de Política Agrícola do Mapa, Caio Rocha.

Mais informações para a imprensa:
Assessoria de Comunicação Social
(61) 3218-2104
Vera Stumm
vera.stumm@agricultura.gov.br

0 comentários

Postar um comentário