quinta-feira, 21 de junho de 2012

Novos Cultivares de Abóbora e Laranja são denvolvidos para o Sul



Novas cultivares chegam  para serem desfrutadas  na estação fria do ano e ocupar espaço  no mercado, especialmente, do Estado do Rio Grande do Sul. Para diversificar as lavouras gaúchas e também a mesa dos consumidores mais criativos a Embrapa Clima Temperado (Pelotas-RS) lança a cultivar abóbora-gila BRS Portuguesa e a laranja Cara Cara.

Os lançamentos estão programados para a 20ª.Fenadoce, no dia 14 de junho. Serão apresentados os exemplares das cultivares com suas características morfológicas e de produção, suas qualidades opções de uso  e como os agricultores podem obter as sementes.

A BRS Portuguesa é colhida no outono e no inverno. É uma planta anual. É uma representante da espécieCucurbita ficifolia, seus frutos são ovais, a casca é espessa e dura , com duas tonalidades de verde, formando um desenho reticulado, a polpa é branca e fibrosa e as sementes são de cor preta.




A laranja Cara Cara é colhida entre junho e julho, podendo ser atencipada ou retardada em função das temperaturas médias da região.É uma laranja de umbigo originada provavelmente por mutação espotânea da gema “Washington Navel”. Os frutos de tamanho médio a grande, de peso entre 190 a 260g, possuem casca grossa, com certa rugosidade e de cor alaranjada.

Uma das características interessantes deste citros é a polpa laranja-avermelhada, conhecida como laranja da “polpa vermelha”. Isso deve-se ao alto teor de licopeno, tendo boa quantidade de suco, alta concentração de açúcares e baixa acidez e não tem sementes.

+ BRS Portuguesa

Com boa secagem e armazenagem, pode-se utilizar sementes de um ano para outro
Serve para preparo de doces e pode ser substituída pelo coco ralado na culinária.
Evitar o plantio próximo a outros tipos de abóboras ou morangas em função de cruzamentosfruta deve ser degustada in natura para aproveitamento do licopeno (antioxidante) Muito produtiva, cerca de 30 a 35 toneladas por hectare Uso para decoração na culinária internacional, em especial, saladas de frutas.

Fonte: Cristiane Betemps- 7418RS
Núcleo de Comunicação Organizacional-NCOEmbrapa Clima Temperado

0 comentários

Postar um comentário