sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

IZ ( Instituto de Zootecnia SP ) abre a 62ª Prova de Ganho de Peso 2012



Produtores e associações de raças estão convidados a participarem da Prova

Para identificar animais geneticamente superiores, quanto ao potencial de crescimento, a Prova de Ganho de Peso (PGP), realizada pelo Instituto de Zootecnia (IZ/APTA), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento de São Paulo, terá início dia 8 de maio de 2012, em Sertãozinho (SP). A Prova tornou-se uma ferramenta importante para auxiliar na avaliação de melhoramento genético de rebanhos de corte.  Para a PGP 2012, o Centro de Pesquisa em Pecuária de Corte oferece, adicionalmente, ao criador da raça Nelore, a oportunidade de avaliar seus animais para eficiência na conversão de alimentos através da avaliação do Consumo Alimentar Residual - CAR.

A Prova de Ganho de Peso e a avaliação do CAR acontecerão simultaneamente, no período de 08 de maio a 23 de outubro de 2012. O criador pode optar pela PGP convencional ou pela PGP adicionada da avaliação do CAR.

Os produtores interessados em participar da 62ª PGP deverão enviar seus animais, com todos os atestados exigidos pela vigilância sanitária, até o dia 4 de maio para a unidade do IZ em Sertãozinho.

O encerramento da prova será em 23 de outubro, quando serão apresentados os resultados finais de desempenho. A PGP tem como vantagens melhorar as taxas de ganho de peso; antecipar a utilização de reprodutores testados; permitir a seleção dentro e entre rebanhos; e disponibilizar para venda animais testados e comprovados.

O trabalho é coordenado pela pesquisadora Joslaine Noely dos Santos Gonçalves Cyrillo, do Centro de Pesquisa Pecuária de Corte. Ela explica que a Prova de Ganho de Peso de Sertãozinho (PGP) é um teste de desempenho individual no qual os animais são avaliados por meio de um índice (IPGP) que leva em conta o ganho diário em confinamento e o peso final padronizado aos 378 dias.

“É um processo de eficiência comprovada para seleção de reprodutores, já que, tanto o ganho de peso, quanto o peso final possuem herdabilidade alta, fazendo com que animais que se destacam nesses atributos possam transmitir com grande probabilidade essas características a seus filhos”, destaca Joslaine Cyrillo.


Consumo Alimentar Residual (CAR)

A avaliação consiste em um teste de desempenho individual no qual os animais são avaliados por meio da característica - Consumo Alimentar Residual (CAR). O CAR é fundamentado no consumo individual e no ganho de peso diário e possibilita a identificação de animais que para o mesmo ganho consomem menos alimento, diminuindo os custos de produção e tornando o sistema mais sustentável.

Joslaine ressalta que as vagas para avaliação do CAR serão limitadas. “Posteriormente à PGP, ocorrerá a segunda fase da avaliação do CAR. Poderão participar animais que alcançarem desempenho Elite e Superior na PGP – 2012 de Sertãozinho e animais participantes de outras Provas de Desempenho.”


Normas de participação

O número mínimo de animais participantes por grupamento genético ou raça deve ser 20 (vinte) e ser representado por pelo menos dois criatórios.

Sugere-se que a seleção dos animais para participarem da PGP seja decorrente do controle de desenvolvimento ponderal, realizado pela Associação respectiva. É importante que o criador interessado entre em contato com sua Associação no sentido de atender às exigências do item

Os animais enviados à PGP deverão ser nascidos de 15 de agosto a 15 de novembro de 2011 e controlados pelas respectivas Associações, comprovado por cópia do Certificado de Controle. Deverão ser identificados a fogo, de maneira clara e em local visível, bem como acompanhados de atestados de vacinações contra carbúnculo sintomático e aftosa, além de exame negativo para brucelose e tuberculose e certificado de controle da ABCZ ou cópia da Comunicação de Nascimento (CDN) bem como com informações sobre peso ao nascer.

A Nota Fiscal do produtor deverá ser na forma de simples remessa para participação dos animais na Prova de Ganho de Peso, com posterior retorno à origem. Para preenchimento da Nota Fiscal os dados do destinatário são: Estação Experimental de Zootecnia de Sertãozinho - Rodovia Carlos Tonanni - km 94 - SP 333, Sertãozinho, SP - CNPJ: 46.384.400/0168-19 – Inscrição Estadual: 664.066.620.112.

Normas de execução

·       Cada raça ou grupamento genético deve participar com no mínimo 20 animais provenientes de, pelo menos, dois criatórios.
·       A constituição do grupo contemporâneo de animais de cada raça ou grupamento genético participante deve ser de responsabilidade da respectiva Associação de Criadores. Sugere-se uma pré-seleção dos animais ao desmame com base em controle de desempenho, no intuito de reduzir variações excessivas de pesos de entrada e ao mesmo tempo permitir uma maior eficiência de identificação de genótipos superiores, para características de crescimento, dentro do  grupamento genético;
·       Os animais devem pertencer ao sexo masculino, ser inteiros, com nascimentos entre 15 de agosto a 15 de novembro de 2006;
·       Os animais devem ser enviados à Estação Experimental acompanhados do controle de registro genealógico, emitido pela respectiva Associação de Criadores incluindo informação de peso ao nascer,  e com os atestados de vacinação e exames sanitários pertinentes;

Avaliação da PGP


A classificação dos animais é feita em função do ganho de peso ocorrido dentro de cada raça ou grupamento genético, obedecendo a média e o desvio-padrão do Índice de Desempenho da PGP (IPGP).

Os animais são classificados em seis categorias: elite, superior, mediano, regular, comum e inferior. Essa classificação permite ao criador conhecer os animais de seu plantel com potencial genético superior, para caracteres pós-desmame.

O Centro de Pesquisa Pecuária de Corte fica na Rodovia Carlos Tonanni, SP-333, Km 94, Sertãozinho (SP). Mais informações pelos telefones (16) 3491-6156 / 3491-6157 / 9127.4562, (19) 3466.9430.



Resultado PGP 2011
As raças Nelore, Gir, Caracu, Simental e Guzerá
Na PGP 2011, participaram 67 animais da raça Nelore; 22 animais da raça Gir; 62 animais da raça Caracu; e 34 animais da raça Guzerá. A novidade foi a participação de animais da raça Simental, representados por 22 animais de 05 criatórios dos proprietários Antonio Carlos de Oliveira; Paulo de Castro Marques; David Jesus Gil Fernandez;Mario Coelho Aguiar Neto; Marisa de Barros Saad; Rafael Munoz Gaeta; e Sérgio Vieira Attie.

Os sete garrotes da categoria “elite” da raça Nelore alcançaram média de 915 gramas de ganho de peso diário e 362,7 kg de peso aos 378 dias. O campeão foi um garrote do IZ da Fazenda de Sertãozinho (SP), com 1000 gramas de ganho de peso diário e 1000 kgde peso final aos 378 dias. O primeiro animal classificado, de propriedade particular, é de Flávio Augusto Carvalho Vilela que ficou em 9º lugar e o primeiro animal de José Augusto Carvalho Vilela se posicionou em 18º.

Na categoria “elite” da raça Gir, quatro garrotes atingiram a média de 661 gramas de ganho de peso diário e 289,7 kg de peso final aos 378 dias. O animal vencedor é o filho do Folhudo do IZ, com ganho de peso diário de 661 gramas e peso final de 309,5 kg aos 378 dias.
Já a categoria “elite” da raça Caracu (seis animais) alcançou 1001 gramas de ganho de peso diário e 383,1 kg de peso final aos 378 dias. Um garrote do IZ apresentou o melhor desempenho, com 1036 gramas de ganho de peso diário e 384,1 kg de peso final aos 378 dias.

A raça Guzerá, na categoria “elite”, classificou oito animais que atingiram 774 gramas de ganho de peso diário e 344,7 kg de peso final aos 378 dias.  O vencedor foi um animal do IZ, com 813 gramas de ganho de peso diário e 339,0 kg de peso final aos 378 dias.

Na raça Simental, novidade este ano, a média geral foi de 1013 gramas de ganho diário e 403,8 kg ajustados aos 378 dias, sendo que na categoria “elite”, quatro animais atingiram 1317 gramas de ganho de peso diário e 470,3 kg de peso final aos 378 dias.  O vencedor foi um animal do criador Mario Coelho de Aguiar Neto, com 1438 gramas de ganho de peso diário e 450,5 kg de peso final aos 378 dias.


Serviço
62ª Prova de Ganho de Peso
Início da prova: 30 de abril a 4 de maio - entrada dos reprodutores no Centro de Pesquisa Pecuária de Corte (Sertãozinho-SP)

Calendário da 62ª PGP 2012
30 de abril a 4 de maio: entrada dos animais
08 de maio: pesagem inicial do período de adaptação
03 de junho: pesagem final do período de adaptação e inicial da Prova
28 de agosto: pesagem intermediária da Prova
23 de outubro: pesagem final da Prova


Contato


Centro de Pesquisa Pecuária de Corte
Instituto de Zootecnia (IZ/APTA/SAA)
Rodovia Carlos Tonanni, km 94 - Caixa Postal 63 - CEP 14160-900
Sertãozinho - SP - Fones: (16) 3491.6156 – 3491.6157 -  (16) 9127.4562,  Fone/Fax: (19) 3466.9430.  

0 comentários

Postar um comentário