segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Farinha de mandioca terá novos padrões de qualidade


O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) publicou  terça-feira (8/11) novos padrões para classificação da farinha de mandioca. A Instrução Normativa nº 52 atualiza os critérios utilizados para identificar os tipos do produto que são comercializados no Brasil. 

De acordo com a coordenação de Qualidade Vegetal do Mapa, o padrão antigo não contemplava, por exemplo, farinhas de ótima qualidade que já estavam no mercado e não se enquadravam nas classificações existentes. 

Além disso, o novo regulamento técnico, que entra em vigor em 120 dias, simplifica o padrão atual, reduzindo o tempo e o número de análises exigidas para a classificação. 

O último levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostra que até setembro deste ano foram produzidas 26,1 milhões de toneladas da mandioca no Brasil. O país é o segundo maior produtor mundial, ficando atrás apenas da Nigéria.



Fonte: MAPA E Globo Rural

0 comentários

Postar um comentário