terça-feira, 20 de setembro de 2011

Nota à imprensa - Paraguai



O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, diante do comunicado de um foco de febre aftosa no Departamento de San Pedro, acompanha de perto a situação no Paraguai.
Do lado brasileiro e, desde o surgimento da suspeita da doença, foram intensificadas ações de vigilância e prevenção na fronteira com o Paraguai. 

Entre as medidas tomadas estão o aumento do contingente de fiscais federais agropecuários na divisa, a colocação de barreiras volantes na região, mapeamento de propriedades de maior risco dentro do Brasil e ações conjuntas com os Estados e o Ministério da defesa.
Por ser a meta do governo brasileiro a erradicação da febre aftosa em todo o continente, nos colocamos à disposição do Paraguai para ajudar nas medidas de erradicação imediata do vírus e buscaremos, em conjunto com o país vizinho.

O ministério atua com intensidade, principalmente nas regiões Norte e Nordeste, para que todo o território nacional seja reconhecido como livre de febre aftosa com vacinação pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE, sigla em inglês) até 2013.


Mendes Ribeiro Filho
Ministro de Estado da Agricultura, Pecuária e Abastecimento

0 comentários

Postar um comentário