quarta-feira, 1 de junho de 2011

Erva Baleeira


Nome científico: Cordia verbenacea

Nomes populares: Erva Baleeira, catinga de barão, catinga preta, Maria preta, salicina, Maria milagrosa, etc.

Bioma de origem: Mata Atlântica brasileira

Descrição botânica: arbusto ereto, ramificado, aromático, de 1,5 a 2,5 m de altura. Folhas simples, alternas, coriáceas, aromáticas de 5 a 9cm de comprimento. Flores pequenas, brancas, dispostas em inflorescências racemosas terminais de 10 a 15cm de comprimento.

Ação terapêutica: antiinflamatória, anti-artrítica, analgésica, tônica e anti-ulcerogênica. Para reumatismo, artrite reumatóide, gota, dores musculares e da coluna, prostatites, nevralgias e contusões e na cicatrização de feridas externas.


Parte utilizada: folhas

Forma de uso: tintura, chá, macerado em álcool, pomadas, cataplasmas.

Toxicidade: baixa.

Constituintes químicos: óleo essencial (a-humuleno), pigmentos flavonóides (artemetina), alantoína, açúcares.

Aspectos Agronômicos:

- Propagação: sementes e estacas de ramos (com 10cm de comprimento).

- Ciclo cultural: perene

- Época de plantio:

    Mudas por sementes: em março

    Mudas por estaca: em setembro

- Florescimento: julho a setembro e março-abril

- Colheita: 1 ano após plantio.





Fonte: CATI
Autor(es):
Eng. Agr. Dra. Maria Cláudia Silva Garcia Blanco
claudia@cati.sp.gov.br

3 comentários

Anônimo

Ola estou procurando mudas desta erva quem tiver favor informar costa_fabiof@yahoo.com.br obrigado

Unknown 11 de setembro de 2018 às 10:17

Por favor tenho interesse de comprar a muda da erva baleeira , qual tekeftel de contato porfapor

Unknown 20 de outubro de 2018 às 01:03

Tive a informação que Peruibe tem essa planta ! ERVA BALEEIRA M

Postar um comentário