terça-feira, 28 de junho de 2011

Alimentação de novilhas: Ração Total ou top-dressing?


A produção de leite brasileira vem crescendo consideravelmente nos últimos anos. No entanto, juntamente com esse aumento, vem a necessidade de profissionalização do setor, onde descuidos básicos "dentro da porteira" podem colocar em cheque todo sistema de produção. Nesse sentido, o objetivo deste radar técnico é apresentar métodos de manejo alimentar que possam tornar mais eficiente a criação de novilhas leiteiras.

O manejo alimentar inadequado de novilhas pode afetar consideravelmente seu crescimento e produção de leite futura, elevando ainda mais os custos para o produtor. O oferecimento do alimento à novilha pode ser feito de várias formas, porém, nem todos proporcionam uma ingestão equilibrada dos nutrientes, de acordo com a formulação previamente estabelecida.


Nesse sentido, uma tecnologia já consagrada na alimentação de vacas adultas, especialmente em sistemas de produção especializados, diz respeito à ração total ou ração completa. Tal técnica tem como premissa básica misturar todos os ingredientes da dieta (volumosos, concentrados e minerais e vitaminas, por exemplo) objetivando fazer com que os animais ingiram as quantidades desejadas de cada nutriente.

Outra forma de alimentar os animais é distribuir o alimento concentrado sobre o volumoso, sem realizar a mistura, também conhecido como top-dressing. Porém, essa técnica permite que os animais selecionem determinados alimentos (geralmente os concentrados), podendo causar um desbalanço na dieta e conseqüente prejuízo no desempenho.

Resultados de pesquisas recentes demonstraram que quando novilhas têm a opção de escolher entre alimentos concentrados e volumosos ofertados separadamente, primeiramente consomem grandes quantidades de concentrado para somente depois ingerirem o volumoso. Dessa forma, o fornecimento de ração total pode evitar o consumo desproporcional dos ingredientes da dieta, possibilitando ingestão equilibrada de nutrientes ao longo do dia.

Além disso, quando novilhas são criadas em baias coletivas, pode haver um consumo irregular dos alimentos quando fornecidos de forma separada, ou seja, animais dominantes irão consumir mais concentrado que os dominados, podendo ocorrer diversos distúrbios metabólicos, como a acidose ruminal.

Visando elucidar possíveis questionamentos referentes à influência do método de fornecimento dos alimentos no comportamento e desempenho de novilhas da raça Holandesa, pesquisadores canadenses utilizaram 32 animais com peso médio inicial de 165kg, que foram divididos em 8 baias de 4 animais recebendo a mesma proporção de ingredientes (65% de feno e 35% de concentrado com a mesma formulação), porém de duas formas diferentes: ração total (todos os ingredientes misturados antes do fornecimento) e concentrado sobre o volumoso (top-dressing) (sem misturar).

Os pesquisadores concluíram que animais que receberam ração total apresentaram menor disputa pela área do cocho, especialmente nos horários de pico de alimentação (por volta das 7, 12 e 19 horas), refletindo em períodos de alimentação bem distribuídos ao longo do dia. Por outro lado, os animais que receberam o concentrado sobre o volumoso tiveram mais casos de disputas pelo alimento concentrado (mais de 17 casos de disputa por dia - 2 vezes mais que nos animais que receberam ração total).

Nesse caso, animais dominantes consumiram maior quantidade de concentrado que os dominados, resultando em ganho de peso desproporcional do lote, problemas na fermentação ruminal (acidose), laminites e outros distúrbios metabólicos ocasionados pelo consumo de grande quantidade de concentrado em um curto espaço de tempo.

Mesmo não havendo diferenças significativas entre os tratamentos para ingestão de matéria seca e ganho de peso diário, é importante lembrar que os animais alimentados com ração total selecionaram menos os alimentos (consumiram maior quantidade de partículas médias e longas da dieta - principalmente a porção volumosa), refletindo em maior consumo total de FDN e fezes mais duras.

Por fim, pode-se concluir que a utilização de ração total para novilhas leiteiras pode promover um consumo de alimento mais regular durante o dia, minimizar as sobras de ingredientes da dieta (especialmente volumoso) e disputa por espaço no cocho e ainda diminuir a incidência de diarréia ocasionada pela ingestão de grandes quantidades de concentrado.



Fonte: Milkpoint  Autores:  Carla Maris Machado Bittar e  Carlos Eduardo Oltramari

0 comentários

Postar um comentário