quarta-feira, 4 de maio de 2011

Algumas das Principais Novidades da Embrapa na Agrishow 2011

A Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, participa da 18ª Agrishow com seis centros de pesquisas e duas unidades de serviços. As tecnologias e novidades selecionadas para este ano giram em torno de temas que podem ajudar o produtor no planejamento e gerenciamento de todos os processos de produção;  avaliação da qualidade de produtos destinados à indústria;  tecnologia para pós-colheita; meio ambiente, tecnologia da informação, sistemas para pecuária, e produção de etanol de 2ª geração. A feira é realizada no período de 2 a 6 de maio, em Ribeirão Preto (SP).

Este ano, a participação da Embrapa Instrumentação, São Carlos (SP), na feira será estrategicamente de forma diferenciada, de modo a fortalecer a parceria da Unidade com empresas privadas. As tecnologias, além de estarem no estande do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, serão expostas em pontos diferentes da Agrishow. O destaque para esta edição da feira são as tecnologias para a  Agricultura de Precisão.

Trator - Para desmistificar e popularizar  a técnica já bastante usada em países desenvolvidos, este ano a Agrishow terá um espaço com equipamentos para a Agricultura de Precisão. No estande do ISOBUS será exposto um trator de fabricação nacional, livre de todos aqueles cabos, telas e conexões acoplados na cabine, com uma eletrônica para cada implemento, entre outros, que complicam a vida do operador na hora de usar o equipamento na propriedade. O trator padronizado, cuja cabine conta apenas com monitor  segue a norma ISOBUS, o que quer dizer que este equipamento tem programas
computacionais compatíveis com os implementos e a eletrônica a bordo.

MAAPEIA – CE – Outra ferramenta da Embrapa Instrumentação que os visitantes poderão conhecer é o  Medidor de Apoio à Agricultura de Precisão da Embrapa para Informação e Aplicação:  Condutividade Elétrica do  Solo (MAAPEIA-CE), já desenvolvido em consonância com a norma ISOBUS.  A técnica baseia-se no estudo da variação da condutividade elétrica do solo, uma forma não evasiva e simples de estudar as camadas subterrâneas através da facilidade ou dificuldade que a região alvo oferece a passagem de um determinado valor de corrente elétrica. Com isto é possível avaliar o que está sob o solo, tipo, lençol freático, rochas, as diferentes camadas subterrâneas, entre outros.   O equipamento funciona de modo automático e manualmente.

VANT - Ainda no estande do ISOBUS, a Embrapa Instrumentação apresenta um novo modelo de Veículo Aéreo não Tripulado (VANT), um aeromodelo equipado com câmeras e transmissores, que ao sobrevoar uma propriedade agrícola pode registrar imagem e facilitar o levantamento topográfico, obtenção de mapas detalhados da lavoura, identificar os pontos dos terrenos que estão sujeitos e erosão, localizar pragas na lavoura e detectar diversas deficiências.

Uma versão mais tradicional de VANT também estará no estande do Ministério da Agricultura, onde as suas unidades vinculadas vão expor.

Plataforma – O resultado da parceria entre empresas públicas e privadas para o desenvolvimento de tecnologias avançadas estará exposto na Agrishow na forma de um robô - a Plataforma Autônoma para Apoio à Agricultura de Precisão, que nasceu da união de pesquisadores da Embrapa Instrumentação, USP São Carlos e Jacto. O robô emprega o que há de mais avançado em tecnologia robótica modular para aquisição de dados em campo. É robusto, móvel e de grande capacidade operacional e autonomia condizente com as necessidades agrícolas.O robô ficará exposto no estande da Jacto na Agrishow.

Vão participar também a Embrapa Informação Tecnológica e Embrapa Transferência de Tecnologia.

Joana Silva  Mtb 19554
Embrapa Instrumentação
(16) 2107 2901 /  9994  6160 / 8113 4534
Com informações dos Jornalistas das unidades da Embrapa participantes na feira.

0 comentários

Postar um comentário