quarta-feira, 13 de abril de 2011

Inovações da Embrapa Serão Apresentadas na Tecnoshow Comigo

 
Como nas edições anteriores, a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, traz para a feira Tecnoshow Comigo 2011, uma gama de resultados de suas pesquisas e o destaque vai para tecnologias que se adequam a agricultura sustentável.

Na Casa da Embrapa, o visitante pode conhecer tecnologias, produtos e serviços de várias unidades da empresa. Entre elas: Embrapa Cerrados (Planaltina-DF), Embrapa Hortaliças (Brasília-DF), Embrapa Informação Tecnológica (Brasília-DF), Embrapa Mandioca e Fruticultura (Cruz das Almas-BA), Embrapa Milho e Sorgo (Sete Lagoas-MG), Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia (Brasília-DF), Embrapa Soja (Londrina-PR), Embrapa Solos (Rio de Janeiro-RJ), Embrapa Suínos e Aves (Concórdia-SC), Embrapa Transferência de Tecnologia (Brasília-DF) e Embrapa Trigo (Passo Fundo-RS).

Espaço Negócios – Na Casa da Embrapa, o público terá a oportunidade de conhecer os produtos e serviços da Empresa e obter informações sobre como adquiri-los. Um dos destaques este ano no Espaço Negócios será a presença de parceiros como a Fundação Goiás, com as cultivares de algodão BRS 293 e BRS 269 Buriti; a Fundação Meridional, com as variedades de soja BRS 262, BRS 283, BRS 284, BRS 245RR e BRS 334RR; o Centro Tecnológico para Pesquisas Agropecuárias (CTPA), com as cultivares de soja BRS GO 7360, BRS GO 7560, BRS GO 7960, BRS 7460RR, BRS 7561RR, BRS 7760RR, BRS 7860RR e BRS 8160RR; além das Fundações Cerrados e Triangulo Mineiro.

Plots – O Escritório de Negócios da Embrapa Transferência de Tecnologia em Goiânia montou vários plots agrícolas ao lado da Casa Embrapa. Os plots são pequenos plantios demonstrativos onde os visitantes podem ver de perto a qualidade dos produtos desenvolvidos.

Um desses produtos é o milho BRS 1040, um híbrido simples de ciclo semiprecoce, com porte médio/alto e grãos semidentados de cor alaranjada. A cultivar apresenta bons níveis de produtividade e estabilidade de produção, bom empalhamento, boa tolerância ao acamamento e ao quebramento e resistência à cercosporiose.

O público também poderá conhecer a BRS Sertaneja, cultivar de arroz indicada para terras altas caracterizada por plantas vigorosas, com porte médio, folhas largas e mediana resistência ao acamamento. É uma variedade precoce, de grãos longo finos e que possui ampla capacidade de adaptação, com bom comportamento nos Estados de Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso, Rondônia, Pará, Roraima, Maranhão, Piauí e Tocantins.

Um dos plots apresentará o girassol BRS 321, que tem como principal característica o ciclo precoce, que facilita sua utilização no sistema produtivo, tanto na rotação como na sucessão de culturas. Os grãos são usados principalmente para a extração de óleo destinado às indústrias de alimento e de biodiesel.

Outro plantio irá mostrar o feijão BRS Estilo, que além do porte ereto de planta, alto potencial produtivo, resistência às principais doenças e ao acamamento apresenta estabilidade de produção e grãos claros. A cultivar é indicada tanto para colheita mecânica quanto para a manual.

Entre as forrageiras, os visitantes poderão conhecer o capim BRS Piatã, indicado para solos de média fertilidade, e o feijão guandu BRS Mandarim, que apresenta alta produtividade de forragem e é indicado para a alimentação de bovinos. A variedade também pode ser usada pelos produtores de cana, na rotação de parte do canavial a cada cinco anos.

Publicações - Foram selecionados vários títulos para venda ao público visitante pela Embrapa Informação Tecnológica, responsável pela produção das principais obras técnico-científicas editadas em parceria com as unidades de pesquisa da Embrapa.

Outras Tecnologias


Inoculante AzoTotal® -
é um novo inoculante para milho e para trigo do Brasil. Desenvolvido pela Embrapa Soja, em parceria com a Total Biotecnologia, o inoculante é apresentado na forma líquida e é uma nova alternativa em biofertilizante promotor de crescimento de plantas composto da bactéria Azospirillum brasilense. Ao ser aplicado às sementes, o AzoTotal® promove maior desenvolvimento do sistema radicular, tolerância à seca, maior absorção de água e nutrientes e maior produção de grãos. Também possibilita plantas mais vigorosas e produtivas e facilita a fixação de nitrogênio da atmosfera.

Minimilho – O minimilho pode se tornar uma alternativa interessante de cultivo para os produtores rurais brasileiros que será apresentada pela Embrapa Milho e Sorgo. Ele nada mais é do que a espiga ainda jovem do milho, colhida antes da polinização, ou seja, da formação dos grãos. A exploração comercial do minimilho não é complicada. Pequenas agroindústrias familiares têm nessa cultura uma opção de renda. A venda para supermercados e restaurantes, por exemplo, pode ser um dos filões de mercado. Considerada uma hortaliça, o minimilho tem tudo para passar a ser consumido cada vez mais e fazer parte da dieta alimentar dos brasileiros.

Melhoramento genético de Bananeiras – A Embrapa Mandioca e Fruticultura, irá apresentar resultados do programa de melhoramento genético de bananeiras resistentes às principais doenças da bananeira: Sigatoka-negra, Sigatoka-amarela e mal-do-Panamá.

Cultivares de trigo para cultivo - A região Centro-Oeste do Brasil possui um potencial de área para cultivo de trigo irrigado de aproximadamente 500 mil hectares, enquanto em cultivo de sequeiro essa área potencial ultrapasse a magnitude de milhões de hectares. Destes, porém, no ano de 2010, aproximadamente 45 mil hectares foram cultivados com trigo. As opções de trigo irrigado da Embrapa mais recentes são as cultivares BRS 254 e BRS 264, que apresentam alto potencial de rendimento, ciclo precoce e excelente qualidade industrial. No trigo de sequeiro, cultivar BR 18 tem sido a melhor alternativa para o produtor há mais de uma década pela sanidade e rusticidade, como a tolerância à brusone e à mancha foliar, enquanto as cultivares Brilhante e Aliança, lançadas pela EPAMIG em parceria com a Embrapa, apresentem boa tolerância à seca.

Cisterna para captação de água da chuva –
A captação e armazenamento de água da chuva surgem como uma opção para auxiliar no atendimento da demanda de água de limpeza nas propriedades, principalmente em períodos de estiagem. A cisterna deverá ter a capacidade para armazenar água suficiente para atender a propriedade por um período mínimo de 15 dias. Para uma melhor qualidade da água, recomenda-se que a captação seja feita somente dos telhados das edificações. Os visitantes poderão conferir de perto um modelo sugerido pela Embrapa Suínos e Aves e obter mais informações sobre o processo de instalação da cisterna.

Biorreator para clonagem de mudas - Um equipamento capaz de multiplicar mudas de plantas com muito mais higiene, segurança e economia.  Esse é o biorreator, uma espécie de “fábrica de plantas”, que foi desenvolvido e patenteado pela Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia.

O biorreator apresenta muitas vantagens em relação aos métodos tradicionais de produção de mudas, como: aceleração do processo de multiplicação de plantas de interesse agronômico; adaptabilidade a diversas espécies vegetais; uniformização da produção; simplicidade de montagem; geração de produtos isentos de pragas e doenças, redução do custo total por muda produzida e diminuição dos custos com mão-de-obra.

Rochas como fonte de nutrientes e condicionador do solo - O Brasil apresenta uma dependência de fertilizantes que limita a sustentabilidade de sua agricultura. Os dados mostram que 70% do total dos fertilizantes produzidos no país são derivados de Fontes Convencionais de Nutrientes (FCN) importadas, compostas essencialmente de variantes de NPK, de elevada concentração e alta solubilidade. A rochagem, caracterizada como o uso de rochas silicáticas moídas como fonte de nutrientes e condicionador de solos, é considerada como uma alternativa brasileira para diminuição da dependência da importação de FCN, que será apresentada pela Embrapa Cerrados no evento.

Elizabete Antunes (MTb 744/DF)
Secretaria de Comunicação da Embrapa
Contato: (64) 3624-1114/ 61 9984-6335
Elizabete.antunes@embrapa.br

0 comentários

Postar um comentário