quarta-feira, 20 de abril de 2011

Embrapa Lança Biorreator para clonagem de plantas



O biorreator para clonagem de mudas de plantas é uma das atrações no estande da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – Embrapa durante o Tecnoshow Comigo 2011, que acontece em Rio Verde, GO, de 12 a 16 de abril. A Feira, que está em sua 10ª edição, conta com 400 expositores, com uma estimativa de público de cerca de 65 mil pessoas.

O biorreator (na foto com Dorinha Medeiros) foi desenvolvido e patenteado pela Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia, uma das 47 unidades da Embrapa, e é capaz de multiplicar mudas de plantas com muito mais higiene, segurança e economia. O equipamento funciona a partir de um sistema de frascos de vidro interligados por tubos de borracha flexível, pelos quais as plantas recebem ar e solução nutritiva por aspersão ou borbulhamento.

Esse equipamento contém os materiais a serem reproduzidos, como células, tecidos ou órgãos, e visa produzir plantas de forma semiautomática, com monitoramento e controle das condições de cultivo, além de uma menor manipulação das culturas.

“O biorreator reduz significativamente os custos com mão-de-obra, além de acelerar o ciclo de produção e aumentar a produtividade e, por isso, representa uma ótima opção para as empresas de fruticultura, produção de plantas ornamentais, reflorestamento, papel e celulose, madeireiras etc.”, afirma o pesquisador que desenvolveu o equipamento, João Batista Teixeira.

Além de acelerar o processo de multiplicação de plantas de interesse agronômico, ele cita ainda outras vantagens do equipamento em relação aos métodos tradicionais de produção de mudas, como: adaptabilidade a diversas espécies vegetais; uniformização da produção; simplicidade de montagem; geração de produtos isentos de pragas e doenças; e redução do custo total por unidade produzida.

Batista afirma que o uso do biorreator otimiza a mão-de-obra, o que é muito importante no contexto atual no qual a demanda por mudas vem crescendo significativamente para dar suporte à agricultura intensiva e tecnificada. “Cada vez mais biofábricas serão instaladas para dar suporte à agricultura”, diz.

Fernanda Diniz
Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia
Contatos: (61) 3448-4769 e 3340-3672
fernanda@cenargen.embrapa.br

0 comentários

Postar um comentário