segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

SENAR/MS vai atender mulheres rurais em ação contra câncer do colo de útero



O SENAR de Mato Grosso do Sul recebeu, essa semana, uma unidade móvel equipada como um consultório médico para atender mulheres do meio rural que não tem acesso aos serviços de saúde.

Mato Grosso do Sul é um dos três estados que recebeu a unidade móvel do Útero é Vida, o Programa de Prevenção do Câncer do Colo do Útero da Mulher Rural desenvolvido pelo sistema CNA/Senar. A unidade móvel tem capacidade para realizar até 90 procedimentos por dia e vai percorrer os municípios do Estado realizando gratuitamente exames papanicolau, fazendo prevenção e levando informações sobre o câncer do colo de útero.

O atendimento será feito em áreas rurais, prioritariamente em locais onde a população não tem acesso às unidades de saúde. “O SENAR está ampliando sua atuação junto ao público rural. Nós levamos educação profissional e também prevenção na área da saúde. Com a unidade móvel do Útero é Vida, conquistamos a mobilidade para irmos até onde estão as trabalhadoras rurais que não tem acesso às unidades de saúde”, enfatizou a gestora de educação profissional do SENAR/MS, Maria do Rosário de Almeida.

Durante o programa, as mulheres serão cadastradas e em seguida encaminhadas para palestras e coleta de material para a realização do exame preventivo. Em 2009, quando foi realizado um projeto piloto da iniciativa em MS, 518 mulheres dos municípios de Iguatemi, Inocência e Glória de Dourados receberam o atendimento em postos de saúde. O perfil das participantes eram mulheres em idade sexual ativa que nunca haviam realizado ou que estavam com o exame atrasado há pelo menos dois anos.

Além de sensibilizar e conscientizar as mulheres do campo para a prevenção e diagnóstico do câncer de colo de útero, o Programa contribui para o aumento da auto- estima e qualidade de vida. Durante a realização das atividades, cada participante receberá um kit de beleza contendo cosméticos e produtos de higiene pessoal.

O Programa Útero é vida é realizado pelo SENAR/MS em parceria com sindicatos rurais municipais. A unidade móvel do Programa deve começar a visitar o Estado em março. Podem participar mulheres trabalhadoras rurais, esposas ou filhas de produtores e trabalhadores rurais.

Câncer do colo de útero 

De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (INCA), o câncer do colo de útero é o segundo mais comum na população feminina e a quarta causa de morte de mulheres por câncer no Brasil. Por ano, faz 4,8 mil vítimas fatais e apresenta 18,4 mil novos casos. Esse tipo de câncer é causado pela infecção do Papilomavírus Humano (HPV). A prevenção pode ser feita com o uso de preservativos e realizando anualmente o exame que detecta a doença. 

Unidades móveis 

Além do Útero é vida, outros dois programas do SENAR/MS contam com unidades móveis para atendimento. O Programa Inclusão Digital Rural oferece aulas de informática básica que possibilitam aos produtores buscar na internet informações que sejam úteis para o trabalho no campo. A iniciativa dispõe de salas fixas nos maiores sindicatos rurais do Estado, com 10 computadores cada. Para atender os municípios que não têm as salas, a unidade móvel de atendimento vai até as propriedades rurais. Já o Projeto Pingo D’Água leva atendimento odontológico às comunidades rurais. Desenvolvido em parceria com as prefeituras municipais, o atendimento odontológico é oferecido em um ônibus adaptado que conta com uma estrutura odontológica completa. 

Sobre o SENAR 

O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural - SENAR é uma instituição mantida pela classe patronal rural, vinculada à Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA). Tem o objetivo de desenvolver ações educativas, que visam o desenvolvimento do homem rural como cidadão e como trabalhador, numa perspectiva de crescimento e bem-estar social. 
O SENAR está  presente em todos os municípios de Mato Grosso do Sul, atuando em parceria com os 68 sindicatos rurais e desenvolvendo iniciativas de educação, informação e conhecimento em agronegócio. O trabalho é desenvolvido a partir da missão de contribuir com o setor agropecuário, um dos mais importantes vetores da economia do Estado.



Assessoria de comunicação do Sistema CNA/SENAR
(67) 3320 9728
 

0 comentários

Postar um comentário