segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Linhas de Financiamento no Estado de São Paulo ( Pecuária Leiteira )

PECUÁRIA DE LEITE

ITENS FINANCIÁVEIS: Aquisição de 10 matrizes leiteiras, tanque de expansão e infra-estrutura de alimentação e ordenha.

BENEFICIÁRIOS: Agricultores familiares que explorem a pecuária de leite com produção média de 50 a 250 litros/dia.

TETO DE FINANCIAMENTO: Até R$ 37.500,00 por produtor, sendo: R$ 20.000,00 para matrizes, R$ 10.000,00 para tanque de expansão, R$ 3.000,00 para infra-estrutura e R$ 4.500,00 para equipamento de irrigação de 1 ha de pastagem.

PRAZO DE PAGAMENTO: Até 5 anos, inclusa a carência de 12 meses.

TAXA DE JUROS: 3% ao ano.

CRONOGRAMA DE LIBERAÇÃO: De acordo com o projeto técnico.

CRONOGRAMA DE REEMBOLSO: Em parcelas trimestrais, após a carência.

ABRANGÊNCIA: Todo o Estado de São Paulo.

GARANTIA: No mínimo, 150% do valor do financiamento, podendo ser constituída de penhor e hipoteca cedular, aval e/ou outras garantias reais.



QUALIDADE DO LEITE

ITENS FINANCIÁVEIS: Aquisição de tanques de expansão, pré-resfriadores e resfriadores, ordenhadeiras mecânicas e melhoria das instalações.

BENEFICIÁRIOS: Agricultores familiares com produção média diária de até 400 litros.

TETO DE FINANCIAMENTO: Até R$ 10.000,00 por produtor (individual) ou até R$ 60.000,00 para o condomínio de produtores, respeitando-se o limite individual.

PRAZO DE PAGAMENTO: Até 4 anos, inclusa a carência de 12 meses.

TAXA DE JUROS: 3% ao ano.

CRONOGRAMA DE LIBERAÇÃO: De acordo com o projeto técnico.

CRONOGRAMA DE REEMBOLSO: 20% após carência e o restante, em parcelas trimestrais.

ABRANGÊNCIA: Todo o Estado de São Paulo. Prioriza, entretanto, as regiões com intensa atividade leiteira.

GARANTIA: No mínimo, 100% do valor do financiamento, podendo ser constituída de penhor cedular, aval e outras garantias reais.


Fonte: Secretaria de Agricultura do Estado de São Paulo

1 comentários

Unknown 27 de abril de 2011 às 06:19

e se eu tenhu um arrendamento de i ano q financiamento eu consigo pega ?

Postar um comentário